Inicio | | Viagens | | Voltinhas | | Manutenção | | TUGATECH | | História da XT |  VELA 

segunda-feira

Verificar a Folga das Válvulas

O "manual do proprietário", indica na sua tabela de intervalos que se deve verificar a folga da válvulas e ajustar se necessário... de 10 em 10 mil kms

Ora bem... em 1997 o manual do proprietário (para as XT600E 4MW do Brasil) indicava que tal verificação devia ser feita de 6 em 6 mil kms ou de 6 em 6 messes

Onde é que eu quero chegar!! a lado nenhum!! basicamente é isso!!
os óleos evoluíram muito nos últimos anos... e se nós tivermos acompanhado essa evolução, seguramente temos contribuído para o alargar dos prazos de intervalo de manutenção...
basicamente é essa a minha opinião...

Verificar de 10 em 10 mil... não quer dizer que temos de ajustar alguma válvula... 
verificar!! é confirmar se é necessário ajustar... ou não...!!
devemos encontrar o nosso intervalo dada a nossa utilização e tipo de condução e qualidade do óleo que utilizamos e intervalos de manutenção... ou se temos a admissão e o escape de origem; etc etc...


A folga que devemos ter... deve se encontrar entre os valores da tabela em baixo, e são valores exclusivos para a XT600E 4PT


.                Válvulas               ..               Folga                .
Admissão0,07     /     0,12
Escape0,12     /     0,17

O valor ideal será sempre no meio destes valores... ou seja:

0,10 na admissão
0,15 no escape 


  • Procedimento da coisa 

Para se verificar a folga das válvulas, não necessitamos de retirar o óleo...
...mas devemos ter o motor parado à pelo menos 8 horas ou mais...
e ideal e ter o motor parado à 24 horas... pois podemos garantir que está tudo à temperatura ambiente !!!

A folga que vamos verificar é minúscula... e qualquer subida de temperatura faz com que os materiais dilatem e dêem erro de leitura!!
por isso... é regra e não há volta a dar!! temos que ter um motor parado dum dia para o outro!!

Devemos lavar a mota se necessário... 
ou tê-la o mais limpa possível na zona onde vamos trabalhar...

Ferramenta Necessária 
- Chave de válvulas (basicamente é uma chave de bocas de 3mm)
- Chave de boca/luneta 10mm
- Apalpa folgas de 0,05 a 0,17
- Chave de luneta 17mm
- Chave sextavada interior de 5mm
- Chave de fendas grande
- Umas moedas de 2 cêntimos 
- Um martelo
- Chave de caixa 17 e 19mm
- e pouco mais...


  • Descascar a Mota 
Começamos por retirar as tampas laterais... o banco... 
o deposito...
(uma dica que posso dar ; se o deposito estiver muito cheio, pode partir os plásticos quando o poisarmos no chão... )



Como temos que desligar o tubo da gasolina para retirar o deposito... é conveniente taparmos a entrada de combustível, por razões óbvias... Eu uso uma tampa de caneta...  




Devemos retirar a Bobine de alta... e basta desligar as 2 fichas, e desapertar os 2 parafusos...
e podemos também retirar o cachimbo da vela... e a vela também vai ter que sair...



Basicamente temos as condições reunidas para começarmos a retirar tampas do motor...
Podemos começar pelas duas tampas do motor (a da cambota, e a indicação do "ponto de ignição" )
necessitamos duma chave de tamanho considerável para a tampa maior...
Eu fiz esta chave... (imagem da chave e da tampa)



Se não tivermos pachorra para fazer uma chave (que é o mais normal) podemos usar duas moedas de 2 cêntimos e um alicate de pressão... que vai fazer o mesmo trabalho (assim)



A segunda "tampa" é em forma de parafuso...



e ficamos com o acesso necessário para rodarmos a cambota... e sabermos quando está no ponto
Para rodarmos a Cambota usamos uma chave (salvo erro) 17 ou 19mm (não me lembro)
para conseguirmos rodar a cambota, temos que retirar a vela...

ATENÇÃO: A cambota só pode ser rodada no sentido contrario aos ponteiros do relógio...



Ainda falta tirar a tampa das válvulas...
as duas tampas de escape... e a tampa das válvulas de admissão...

a vista sobre as válvulas de admissão



...e das válvulas de escape...




  • Verificação da Coisa 

Neste momento temos todas as condições para verificar a folga das válvulas...





Para podermos segurar o perno e consegurmos apertar a contra porca, necessitamos duma chave de 3mm;
não é comum termos uma chave com estas dimensões... e tive que fazer uma com uma velha e partida chave de bocas...






Mas podemos comprar uma chave adequada no catalogo da Kedo.com   www.kedo.com 
Em Portugal não conheço quem venda uma chave destas... mas assim que souber de algum local nacional que venda este artigo... eu actualizo esta informação...

A Kedo tem uns preços muito simpáticos, e são especialistas em todas as XT´s... e também têm um apalpa-folgas excelente e com uma escala pensada nas válvulas da XT...










Depois de ajustar as válvulas... devemos voltar a repetir o processo, dando duas voltas completas à cambota, e volta-se a verificar...
...e repetimos o processo as vezes que forem precisas até termos verificado a mesma leitura 2 ou 3 vezes seguidas... e assim temos a certeza que estão OK...
Folga ajustada...

Agora temos que inverter o processo...
Mas eu sugiro que se veja como está a corrente de distribuição!!

é rápido e fácil e demora mais uns 30 minutos...

Ver aqui o TUTORIAL Verificar a Corrente Distribuição 


Devemos dar uma vista de olhos em todos os orings 
são 4 orings, e devem estar em bom estado sem apresentar falhas...
existe também uma anilha de cobre da tampa de inspecção da marca "I"
se essa anilha apresentar "cama" do ultimo aperto, devemos dar-lhe uma lixadela... porque é mais fácil depois de apertar a tampa e deixar tudo a vedar bem...


E pronto...
monta-se as tampas todas...
monta-se a vela...
a bobine... e o cachimbo...
o deposito de gasolina... tampas e banco...

limpa-se tudo e vamos dar umas voltas e fazer uns kms...
para darmos o trabalho por terminado... damos uma ultima inspecção visual em todas as tampas para procurar alguma eventual fuga... não vá algum oring estar a vedar mal...
É fácil?? não é ?? 

16 comentários:

  1. Gostei...bem explicado, com umas dicas muito úteis...aquela das moedas vai tornar a proxima intervenção bem mais facil. Muito bom.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh
      As moedas é daquelas ferramentas que devemos ter sempre à mão LoOL
      e tenho sempre uma de cada na bancada de trabalho...eheheh
      acho que dá sorte... ou confiança LoOL
      é como trazer um canivete suíço no bolso...

      ABR dos Grandes

      Edgar

      Eliminar
  2. Muito bom caro Edgar!
    Até parece fácil para o comum dos mortais :)

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Francisco
      Nesta mota é sempre tudo fácil... eheheh
      eu é que por vezes complico tudo... eheheh

      ABR

      Edgar

      Eliminar
  3. Cara mas uma vez surpreendeu, agora podemos cuidar melhor de nossa xt, um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Claudio
      Será sempre um dos objectivos com deste blog...
      ajudar na saúde das nossas XT´s...
      têm muita gente que escreve tutoriais por esse mundo fora... em todos os idiomas que conhecemos...
      Aqui tenta-se fazer também um pouco disso... com carolice e muita paixão e respeito por esta "Maquina" que nos leva a qualquer lugar :)

      OBR pela visita e pelo comentário
      ABR (Edgar)

      Eliminar
  4. Isso parece fácil mas a realidade deve ser outra.
    Parabéns és grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nelson
      bom na realidade também não é lá muito difícil... eheheh
      e digo isto porque conheço pelo menos umas 5 pessoas que o fizeram depois de ler isto...
      basta ter tempo (começar e acabar sem stress)
      e ter a ferramenta básica mais um pouco de jeito (sensibilidade mecânica)

      OBR pela visita e pelo comentário :)
      ABR (Edgar)

      Eliminar
  5. Boas,
    Gostei do blog, muito interessante e pratico.
    Comprei uma xt e tenho que ver se isso esta tudo ok.
    Obrigado
    Paulo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Paulo
      Obrigada pelo feedback e pela visita
      vai dando noticias e se poder ou conseguir ajudar, será um prazer
      Tenho conhecido e feito bons Amigos, nesse "pequeno" da XT
      se poderes junta-te à Equipa... ou pelo Forum "Clube XT Portugal" ou pelo Facebook ;)
      temos lá uma excelente Equipa
      ABR
      (Edgar)

      Eliminar
  6. muito bom, vlaeu !!!

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde,

    Parabéns por o teu blog, gostei muito.
    Tenho uma Xt 600 E e foi a um mecânico afinar as válvulas à cerca de 3000 kms porque estava a ouvir um tic tic, quando veio do mecânico estava boa mas agora
    estou a começar a ouvir cada vez mais um tic tic parecido com o barulho de válvulas desafinadas. A mota tem 35.000 kms é possível estar novamente as válvulas desafinadas em tão poucos quilómetros?

    Abraço,

    ER

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Emanuel
      Deixa-me fazer uma rápida introdução: - falar dum ruído por escrito, é como explicar a alguém como dar um nó por telefone eheheh

      Mas a XT600E é um motor barulhento, que emite imensos barulhinhos, e por experiência, sempre que tento procurar um barulho anormal com o motor da minha XT, acabo por encontrar mais um novo que nunca me tinha apercebido...

      Em 3000 kms não é necessário voltar a verificar a folga das valvulas...

      Como exemplo posso dar-te o meu (e fui consultar os registos que tenho)
      http://vadiodaxt.blogspot.pt/2011/02/0-km-33568-km.html

      - Ajustei pela ultima vez aos 52.228 Km,
      - aos 61.350 Km encontrei tudo exactamente na mesma como estava aos 50 mil, (admissão com 0,09 / 0,10 e escape com 0,15 / 0,15)
      - aos 95.395 Km voltei a verificar a coisa... e para meu espanto e admiração estava tudo igual e não foi preciso mexer.

      Falei com um Mecânico da Yamaha a questionar-lhe o porquê disso acontecer?? e a resposta foi,
      - tal como a sede das válvulas vai ganhando folga, o martelo da árvore de cames também... e por vezes de uma forma muito equilibrada o que faz com que a folga esteja sempre OK (ou quase sempre).

      Eu experimentava comparar esse tic tic com outros motores de XTs,
      Ou verificava o nível de óleo, pois alguns ruídos podem ser originados por um nível abaixo do mínimo...
      mas se estiver no mínimo está OK
      pois o OK é sempre entre o mínimo e o máximo...

      Boa-sorte com isso
      e se poder ajudar, diz qualquer coisa...
      embora eu não seja um mecânico :)

      Abraço e OBR pela visita
      (Edgar)

      Eliminar