Inicio | | Viagens | | Voltinhas | | Manutenção | | TUGATECH | | História da XT |  VELA 

domingo

Ajuste do Relantim



  • O ajuste do Relantim é muito fácil e acessível na XT, 
  • Raramente tive necessidade de ajustar o relantim... mas aconteceu já mais que uma vez em altitude de 1500 metros e com o motor frio e em pleno inverno, ter a necessidade de subir em +/- 200 rpm para poder ter um relantim certo... em outras alturas aconteceu também em pleno verão em que tive de subir um pouco o relantim, depois de fazer uns bons kms sempre de prego a fundo... porque o motor estava ligeiramente mais quente que o normal...
  • Por norma ou em circunstancias normais, o relantim diminui quando o motor está quente... por isso deverá ser ajustado a quente...
  • Acontece por vezes, ao acelerarmos o motor em ponto morto ou em andamento se  segurarmos na embraiagem, depois duma aceleração o motor parar (desliga-se)... e isto acontece normalmente devido ao relantim estar baixo...
  • O ajuste do relantim deverá ser o mais baixo possível, para economizar-mos combustível... mas temos que garantir que o RPM que vamos usar é "qb" para o bom funcionamento do motor tanto a frio com a quente...
  • O recomendado para a XT600E situa-se entre os 1.200 ~ 1.400 rpm... podendo em algumas circunstancias funcionar perfeitamente depois de termos o motor muito quente na casa das 1.100 rpm
  • ...estes valores são para a XT600E... 
  • ...e para outras motas idênticas como a XT660R/X o valor é de 1.300 /1.500 rpm
  • ou 1.400 /1.600 rpm no caso da XT660 Ténéré de 2008 
Existem outras causas, que podem ter os mesmos sintomas do relantim baixo...
- Filtro de ar sujo,
- Folga da vela inadequada ou vela em mau estado,
- Sujidade no carburador,
- etc...
  • O parafuso de ajuste (na XT600E) é facilmente identificado e situa-se junto ao "CHOKE"





        O procedimento normal e mais utilizado, é este:

  • Devemos ter o "filtro de ar" e a "vela" em bom estado...  e colocamos o motor em funcionamento e devemos esperar uns minutos até ficar quente,
  • Rodamos lentamente o parafuso no sentido (a) para aumentar... e no sentido (b) para diminuir...
  • Normalmente o ajuste que necessitamos é 1/4 de volta ou perto disso... nunca mais de 1/2 volta (a não ser que aja algum problema)
  • Através da leitura do Conta Rotações, ajustamos o rpm para 1.200 ~ 1.400
  • Seguidamente podemos acelerar por instantes até às 4.500 ou 5.000 rpm e motor após a aceleração deverá manter-se sempre estável nas 1.200 rpm



OBR pela visita... 

15 comentários:

  1. Grande Edgar estou sempre aprender contigo
    Obrigado pela partilha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Balasteiro...
      Olha que a tua Varadero é de injecção LOL
      e é um relógiozinho ;)
      dificilmente vais necessitar de lhe mexer...
      limpar o filtro de ar... isso sim... como em todas...

      ABR
      OBR pela visita :)))

      Edgar

      Eliminar
  2. Super interessante .
    Muito obrigado Edgar !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mauricio
      Ora essa... eu é que agradeço o simpático comentário :))
      é interessante e simples...
      é daquelas coisas... que facilmente se encaixa... mesmo para quem nunca sujou as mãos...

      mas tu já sabias isto... ;)

      ABR

      Edgar

      Eliminar
  3. Gostei...Pena é que a minha não tem conta-rotações !!

    O parafuso que altera a entrada de ar não mexe com nada (altera rotação) ?
    É que tenho ideia de ter mexido naqueles parafuzitos pequeninos do carburador quando o tirei fora para limpeza...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fernando

      mesmo sem RPM tá-se bem... e faz-se isto bem...
      porque o importante é encontrar o equilíbrio entre o motor frio e o motor quente...

      Os ajustes que eu conheço para a XT600E são muito básicos...
      temos que ter um desfasamento de 7mm entre a borboleta do primário para o secundário (e a único sincronismo que tem) e este ajuste é feito por fora num parafuso que tem uma mola incorporado...

      Depois temos o ajuste da mistura para o relantim...
      muito fácil de ajustar e pode ser feito com a mota em funcionamento ;)

      é o ajuste que está neste link...

      https://lh5.googleusercontent.com/-6iG8vik8LwY/TuuFCOOBBBI/AAAAAAAAGzQ/oA9twmBOChE/s759/ajuste_parafuso_piloto.jpg

      ABR

      Edgar

      Eliminar
  4. Boas!
    O post já tem uns tempos...mas agradeço, Porque deu-me jeito *.*
    Continuação de umas boas voltas!! Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Guerra
      é bom saber disso :)
      OBR pela visita e pelo comentário :)

      ABR
      Edgar

      Eliminar
  5. O meu está a volta dos 1.4-1500rpm , mas em dias de muito calor e andar mais devagar(transito na cidade) tem tendencia a subir o relantim para as 2mil.
    Entretanto vou ao mecanizo , questionar esta situação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas
      a XT600E dum Amigo meu teve esse problema,
      e resolvemos isso com um reajuste do parafuso piloto do carburador principal...
      ou seja:
      ajustávamos o relantim quando ela estava quente, e depois de o motor arrefecer ela não se aguentava a relantim...
      Mas resolvemos isso com um pequeno ajuste.
      podes ver esse episódio aqui neste link
      http://www.clubextportugal.com/t3000-revisao-geral-dos-25-000-kms-xt600e
      e na ultima pagina desse link aparece a solução...
      Boa-sorte
      OBR pela visita e pelo comentário
      ABR (Edgar)

      Eliminar
    2. Consegue-me identificar qual é o parafuso que se deve apertar?
      Ao apertar o dito ira baixar o relantim?

      Eliminar
    3. EDIT DE CIMA :
      Estive a ver melhor e ja vi onde fica o tal parafuso, mas o problema que descreves é diferente ao meu , o meu é depois de quentinha e andar no transito ela fica com o relantim nas 2mil rpm e nao baixa. Nao sei se esse parafuso tem a ver com isso.
      ( a minha também é azul e tem 11mil km)
      Obrigado , abraço

      Eliminar
    4. Boas...
      mas era a mesma situação
      ou seja, depois de quente ela ficava com a rotação muito alta...
      e em circunstancias normais, depois de quente deve é baixar a ligeiramente a rotação.

      Ao dar-mos mais gasolina naquele ajuste que serve só para quando ela está a relantim, Neste AQUI:
      https://lh5.googleusercontent.com/-6iG8vik8LwY/TuuFCOOBBBI/AAAAAAAAGzQ/oA9twmBOChE/s759/ajuste_parafuso_piloto.jpg ,

      ...depois tivemos de lhe baixar o relantim no parafuso de ajuste normal.

      e ficou tudo OK... actualmente e passado uns anos continua OK

      boa sorte com isso
      ABR (Edgar)

      Eliminar