Inicio | | Viagens | | Voltinhas | | Manutenção | | TUGATECH | | História da XT |  VELA 

sexta-feira

Verificar Nível do Óleo


Exemplo 1
Durante este processo a Mota está completamente nivelada...
se tentar aquecer o motor com a Mota no descanso lateral, por vezes dá-me um erro de leitura.

  • Coloco a Mota no descanso central,
  • Deixo o motor trabalhar entre 10 a 15 minutos,
  • Paro o motor e verifico nível de imediato sem enroscar a vareta...



Exemplo 2
Utilizo este processo quando vou em viagem, ou quando oportunidade surge.

  • Aqueço o motor até 70ºc ou mais...
  • Ando uns 5 ou 10 kms seguidos num regime de +/- 4500rpm
  • Deixo o motor trabalhar uns 30 segundos com a mota nivelada (sem estar no descanso)
  • Paro o motor e verifico o nível sem enroscar a vareta...
  • Depois enrosco a vareta... dou ao starter...
  • Deixo a XT trabalhar uns 30 segundos completamente nivelada
  • Paro o motor e verifico novamente...
  • O nível deve estar entre o mínimo e o máximo



Divagando sobre este assunto : 

Verificar o nível do óleo, é uma tarefa que deve ser encarada como uma coisa corriqueira e deveras importante...
A saúde dum motor pode depender se sabemos por em pratica esta simples verificação...

No caso da XT600E verificar o nível de óleo pode ser uma "dor de cabeça", e originar um monte de duvidas...
Muito boa  gente faz disto uma confusão do caneco...
e depois quando a incerteza toma conta da situação... vai de meter-lhe óleo para dentro do quadro, até as coisas rebentarem pelas costuras...

Quase todos os mecânicos, afirmam saber melhor que ninguém por uma XT de nível...
mas a realidade parece ser outro, e talvez 90% dessa gente percebe tanto disso, como eu percebo de afinar pianos...

ORA BEM... eu não percebo nada de nada de pianos, e tenho constatado através da net que muitas oficinas (algumas até da Yamaha) não sabem fazer esta simples tarefa...

Mas a informação que existe também é muito confusa e não nos leva a lado nenhum...
o manual do proprietário sobre a verificação do nível de óleo tem uma informação incompleta, que desorienta qualquer um... e deixa-nos sem saber-mos o que fazer...

e a informação que existe é esta:
(clicar na imagem para aumentar)





Quantidades :

A XT600E tem um total máximo de 3,3 litros de óleo no seu interior...
as trocas são feitas com 2,7 litros sem filtro de óleo;
ou com 2,8 litros se trocarmos o filtro de óleo...
existe 0,5 litro que não é possível retirar durante a troca de óleo...
esses 0,5 L estão no quadro, tubagens do motor, entre os discos da embraiagem, entre vários componentes mecânicos, e etc etc...


Tipo de circuito :

O circuito de óleo da XT600E é conhecido por cárter seco,
o seja o óleo circula pelo motor e pelo deposito externo ao motor...
esse deposito externo é o quadro da Mota...


Diferenças com "motor frio" vs "motor quente"

As diferenças na forma como o óleo se deposita no motor e quadro, quando temos o motor frio ou o motor quente são enormes... ao ponto de não termos qualquer óleo a tocar na vareta quando o óleo está frio...
Na imagem em baixo temos o circuito de óleo da XT600E, e através desta imagem em podemos ver a vareta de nível, e como o óleo encontra-se distribuído.

O óleo encontra-se distribuído  +/-  nestas quantidades :

Motor frio                                                                         Motor quente
+/- 1,5 L no quadro                                                            +/- 2,0 L no quadro
+/- 1,3 L no motor                                                              +/- 0,8 L no motor
mais uns 0,5 L vários locais                                               mais uns 0,5 L vários locais




Repor óleo : 

Entre o mínimo e o máximo da vareta são 0,4 L
ou seja, se tivermos o óleo no mínimo e repormos 0,2 L passamos a ter o nível a meio da vareta

Por vezes quando vemos o nível de óleo  não temos o motor suficientemente quente e com uma pressão suficiente para fazermos a verificação...



Vantagens de ter o nível a meio da vareta :

Pessoalmente considero vantajoso termos o nível sempre a meio...
Porque para o motor sempre que o nível se situar entre o mínimo e o máximo está bom e não irá danificar nada...

Andar com o nível no máximo aumenta a possibilidade de enviar-mos óleo vaporizado pelo respiro do motor para a caixa do filtro de ar...

Esse óleo vaporizado, parte dele é queimado junto com a gasolina, e outra parte acaba por condensar-se nas paredes da caixa do filtro como mostra a imagem em baixo...

Seta verde: tubo do respiro do motor... Seta amarela: tubo do dreno de óleo acumulado...



Ter o nível no máximo aumenta o risco de criar uma pressão interna excessiva (isto se andarmos muitos quilómetros seguidos na velocidade máxima)...

e tal como andar com óleo a menos é prejudicial para a mecânica... com óleo em demasiado prejudica mecanicamente noutros aspectos...

Se optarmos por usar o nível a meio corremos menos riscos de criar pressões internas excessivas que podem danificar a longo prazo retentores e juntas do motor... assim como a contaminação do filtro de ar com óleo...


Resumindo e concluindo :

Na XT600 não existe indicação de temperatura ou de pressão do óleo...
então a única garantia que temos de estar tudo bem com a lubrificação do motor, é saber que o óleo se encontra em bom estado e de nível...
Se garantirmos estes dois itens (nível OK e óleo adequado em bom estado), podemos rolar sobre qualquer circunstancia ou com qualquer temperatura e os quilómetros que quisermos que nada de errado irá acontecer...


Há uma dica que podemos por em pratica e que serve de aviso, que o óleo já está abaixo do mínimo...
Sempre que temos o motor parado umas 8 horas ou mais, a embraiagem depois de actuada faz uns ruídos esquisitos (mas que são normais)
exemplo ao minuto 0:07 do video
Se após uma paragem de 1 hora ou pouco mais... a embraiagem voltar a repetir estes barulhos, é quase certo que temos o nível muito baixo, ou perigosamente baixo...



se tivermos óleo na purga... e esse óleo for recente... é sinal que temos o nível mais de meio a caminho do máximo...

se tivermos muito óleo na caixa do filtro de ar... e o tubo da purga encher muito facilmente e em poucos quilómetros... seguramente temos excesso de óleo no motor e corremos o risco de estar a danificar ou tirar anos de vida a alguns componentes mecânicos

Basicamente estes foram os métodos que utilizo para manter o motor sempre de nível...

A viscosidade do óleo recomendado para a XT600E em países com temperaturas ambiente entre os 0ºc e os 50ºc é de 15W50

O 20W40 ou 20W50 é para temperaturas mínimas de 5ºc o que poderá originar em temperaturas de 0ºc sentirmos a embraiagem dura e sem sensibilidade quando temos o motor frio... mas nada que se manifeste depois de 1 ou 2  minutos com o motor a trabalhar...

A viscosidade 10W40 é dos óleos mais usados em Portugal, e este óleo para a XT600 apenas é aconselhável para temperaturas de 10ºc negativos...
Usar um óleo recomendado para temperaturas muito baixas que não existem nem de perto na maioria dos nossos 365 dias do ano... e sabendo que a Mota vai fazer mais kms na primavera e verão que no inverno, a utilização desse óleo será má para o amortecimento (lubrificação) dos carretos da caixa, assim como diminui ligeiramente a pressão de óleo criada pela bomba...

Por isso 15W50  é o óleo que eu utilizo na  minha XT600E


Muito mais poderia ser dito...

44 comentários:

  1. Bom artigo, anos de experiência, boas voltas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obg Vadio mto bem
      tenho o mesmo problema de tic tac na minha tenere 660-1993 mas qk ponho 1 a moto vai a baixo. tenho ke ver o oleo e vou ap mestre
      obg

      Eliminar
    2. Olá Luís

      O motor da XTZ 660 de 1993 é muito parecido (e igual em muitos aspectos) ao da XT600E,
      Não devemos chamar ao "tic tac" um problema...
      porque é apenas uns sons característicos devido ao óleo não se ainda ter distribuído pela embraiagem...
      A embraiagem seca duma Ducati, é um exemplo disso... até parece um terramoto...

      Elas vêm com esse tic tac mesmo novas
      e não é normal, ou podemos chamar um indicio de nível baixo se esse tic tac não desaparecer no primeiro minuto...

      Eu apenas escrevi novamente esta "tese" para que não se criar mal entendidos a quem possa ler as nossas mensagens... eheheh

      OBR pela visita e pelo comentário ;)
      ABR (Edgar)

      Eliminar
  2. boa tarde. só queria dizer que qdmiro muito o seu trabalho e a sua vontade de ensinar. sou um pretendente a comprar uma xt 600 para umas voltinhas de semana e como tal tenho lido todos os seus posts e agradam-me todos os seus conselhos. espero que não pare. cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas
      Gostava de dizer que talvez se possa trocar o "seu" e a "sua", pelo "teu" e "tua"... eheheh

      Bom... com uma coisa podemos contar, isto não vai parar, ou pelo menos enquanto eu durar... eheheh
      Chegamos à bonita idade de ter mais de 18 anos a rolar de XT :) e depois deste tempo todo nem penso em mudar de formula... eheheh

      As sugestões e partilha de experiências associado ao diário de bordo da minha "Menina" que encontramos neste blog, talvez tenha ajudado muita gente a compreender o meu ponto de vista...
      MAS nunca devemos esquecer que errar é humano, e deverá ser sempre visto como um ponto de vista pessoal...

      Quero agradecer-te pela tua visita...
      MAS acima de tudo, agradecer-te pelo teu comentário,
      porque muitas vezes escrevo e escrevo, edito imagens, faço sei lá o quê, mas sempre com a insegurança que talvez esteja a "apregoar aos peixes"
      ...então, por isso e por mais, o meu muito Obrigada.

      Abraço (Edgar)

      Eliminar
    2. ok amigo. obrigado pela atenção e espero, assim que consiga encontar uma xt que me encha o olho, poder contar com a sua ajuda com algum problema que possa surgir. esta minha paixão pela xt surgiu sem eu dar por isso. faz cerca de tres anos,andava eu a iniciar-me no negócio automóvel, quando um bacano me quiz entregar uma xt 3tb(penso que era este o modelo) de 93. a principio fiquei apreensivo, mas como o que eu queria era começar a fazer negocios, acabei por ficar com a moto. dei-lhe um jeitos, lavei, fiz uma boa revisão e coloquei á venda, mas nunca sem antes exprimentar a máquina e digo-lhe, fiquei apaixonado. azar o meu que entretanto apareçeu um interessado e, como precisava realizar dinheiro, vendi mas o bichinho ficou a corroer. entretanto case(fez agora dois anos)e as prioridades foram outras, mas agora que tudo estabilizou, estou louquinho para adquir destas "meninas". tenho preferencia pelo modelo azul ai pelos anos de 2001, 2002. desculpe tanta escrita mas como vejo em si um apaixonado pelo modelo, apeteçeu-me desabafar consigo pois a minha mulher não faz muito caso deste meu interesse. se souber de alguma coisa, diga-me. queria gastar ai por volta dos 1500, 2000 euros. abraço....................luis

      Eliminar
    3. eheheh
      percebo-te perfeitamente eheheh
      com esse orçamento deverá ser relativamene fácil comprares essa tal Azulinha
      ABR

      Eliminar
    4. boa noite. encontrei então uma menina mesmo como eu queria mas com um senão. não tem manometros (logo nem sequer sei os km que tem), não tem a mica de origem, não tem farol nem aranha do farol de origem. a pessoa diz que lhe roubaram as ditas peças, o que pareçe ser verdade pois, por exemplo, o guiador é de origem e vê-se que nunca foi mexido. a minha questão é em quanto me ficaria esta brincadeira e ,principalmente, onde as vou encontrar, em segunda mão claro porque novo é impossivel. o senhor disse-me que me entregava a moto por 1000 euros e eu ofereci 800. ficou de pensar. acho que não seria mau negócio mesmo tendo que comprar todas aquelas peças. isto tudo porque eu sou muito conservador e gosto das coisas originais, tanto nas motos como nos carros. se me puder dar a sua opinião. agradecia. abraço...................................luis

      Eliminar
    5. Boas
      O preço pedido por essas peças eu não sei
      mas é possível compra-las no OLX, Custo Justo e tal
      por vezes também se consegue encontrar isso no Forum Clube XT Portugal
      mas talvez custe uns 200 e tal euros se for comprado em separado
      ou perto dos 200€ se for comprado tudo junto...
      Acho que não ajudei lá muito... mas é possível comprar essas peças usadas
      ABR

      Eliminar
  3. boa tarde. sim, tambem tenho essa ideia. se o moço me disser que me entrega a moto , arrisco a ficar com ela e ir procurando as peças. graças a deus tambem sou bom de mecanica e tenho a certeza que a punha tal como ela é de origem. abraço e boas voltinhas..........................luis.

    ResponderEliminar
  4. Agradeço este post, tenho uma de 2004 apenas com 12000km e sempre me preocupou o nível do óleo. Atualmente tenho feito mais km e sempre seguidos em AutoEstrada a uma velocidade de 100km. Acha algum inconveniente nesse aspeto?? Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ruben
      Tirando a situação de gastar mais os pneus ao centro, pessoalmente não vejo qual o problema eheheh
      ou mesmo 110 ou 120km/h
      mas os consumos de gasolina aumentam apenas por causa de mais 500 ou 1000 rpm
      e andar na casa dos 100, pode ser talvez o melhor compromisso económico
      ABR
      OBR pela visita

      Eliminar
  5. Ainda faço uns 100km para cada lado. Talvez umas rodas supermotard é uma transmissão longa ajudassem.
    Vou andar por aqui tirando ideias. Obrigado pela resposta. Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas
      Certamente a transmissão mais longa vai prejudicar...
      teoricamente funciona, mas na pratica (e é isso que se quer) não funciona...
      Conheço vários testemunhos que deram errado.
      As rodas SM aumentam o atrito, o consumo, necessita de serem legalizadas, etc etc
      200 kms por dia, não é facil, e uma utilitária talvez seja uma boa opção...
      Já andei a fazer 120 por dia, e no inverno era um problema quando a chuva era muita, visto que o equipamento não tinha tempo para enxugar, e tornava-se desagradável...
      Uma utilitária com protecção aerodinâmica talvez seja uma opção para esse numero de kms
      ABR

      Eliminar
  6. boa noite. sou o luis, o rapaz que deixou aqui há tempos umas mensagens onde dizia que estava interessado em comprar uma xt. como nãi sei outra forma de o contactar, aqui estou mais uma vez. queria apenas esclarecer uma duvida e pela sua experiencia, acho que é a pessoa certa para me ajudar. a questão é que encontrei outra moto para na qual estou interessado, sendo agora preta e não a tal azul como queria, mas, e ainda não tendo visto a moto ao vivo(só por fotos do anuncio) vejo que a mesma apresenta uma pequena fuga de oleo onde termina o cabo da embraiagem ja no motor, será problema grave? cumpts......luis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Luís
      Sem uma foto é difícil opinar...
      MAS OLHA... porque não te registas no Forum do Clube XT Portugal
      e de pois de fazeres a apresentação
      (que é obrigatória para poder aceder a postar no Forum)
      podes colocar lá essa questão...
      e eu e outros Amigos podemos depois opinar sobre isso ;)
      e varias cabeças, são melhor conselheiras que uma, eheheh

      No Forum é possivel postar fotos, links e etc
      e com certeza que eu também irei dar uma opinião... eu e outros ;)
      ABR
      e OBR pela visita :)

      Eliminar
    2. desde já obrigado pela atenção. vou seguir o seu conselho. abraço

      Eliminar
  7. hahahahahahahaha comprei uma xt 660e com 42.000 em estado de zero, unico dono, to dando rizada sozinho.......que motão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fixe...
      OBR pela visita
      e boa-sorte com ela ;)
      ABR (Edgar)

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Olá Mário
      OBR pela visita e pelo comentário
      ABR (Edgar)

      Eliminar
  9. Sou de Porto Alegre Brasil , depois deste blog não tenho mais duvida para ver o Nível do óleo da minha Xtrator :) muito obrigado e continua assim !!.Tenho uma duvida referente a Ponteira Esportiva da Ronca modelo (RS5 Boca 8 ) achas que é uma boa por na Xtzona ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rodrigo
      Grato (ou melhor: Muito grato) por saber isso :) :)
      e pelo Blog ter atravessado o Atlântico eheheh

      Sobre as "ponteiras" gostava de poder ajudar, mas não posso, ou não sei. Até à data tenho-me limitado a manter tudo de origem, e essas ponteiras (RS5 Boca 8 / Roncar) não existem na Europa.

      Pessoalmente prefiro a original, embora seja pesada (6kg) e volumosa, mas basta tirar-lhe o silenciador (ou pilinha como lhe chamo) e fica com um som que me agrada bastante...
      Em alternativa, e se um dia tiver mesmo que a trocar, vou montar-lhe uma ARROW modelo PARIS DAKAR (com 3Kg), que foi especialmente desenvolvida para a XT600E
      Arrow Paris Dakar (sem silenciador) https://www.youtube.com/watch?v=OigmC9kY9g4
      Arrow Paris Dakar (com silenciador) https://www.youtube.com/watch?v=MupD_dtaj8s

      Abraço
      e Obrigada pela visita (Edgar)

      Eliminar
  10. Bom dia vadio venho por este meio tentar tirar uma dúvida
    A uns tempos comecei a restaurar a minha Xt 600 de 93 depois de quase 1 ano desmontada motor tirado e sem óleo voltei a montar tudo meti óleo 10/50 motul não sabendo ainda ao certo se o nível está certo meti a mota a trabalhar aqueci o motor e agora deita fumo branco e a saída da ponteira molhada de óleo sabe-me dizer o que poderá ser? Abraco

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Elio
      Fumo branco é sempre mau sinal :(
      Por vezes acontece que acumula-se agua no escape (principalmente nos dias frios)... e a própria gasolina queimada origina vapor de agua, que algumas vezes sai como fumo branco...
      Essa agua originada pela gasolina queimada é normal, e mais normal é nos carros novos que têm catalisador, e muitas vezes vê-mos os carros a pingar ou a correr um fio de agua pelo escapo e em andamento...

      SE O FUMO BRANCO for tóxico!! característico de óleo queimado,
      (e basta deixar cair umas gotas de óleo em cima dos colectores quentes, para fazer uma fumarada do caraças que até arde os olhos)
      então temos más noticias...
      Diga-se de passagem que a minha XT600 desde nova que sempre gostou de 15W50... e que o 10W50 faz-lhe aumentar o consumo de oleo...

      De resto se o fumo for tóxico, e tivermos a caixa do filtro de ar seca, (pois pode dar-se o caso de o nivel de oleo estar muito alto, e depois do motor ter ganho pressão, ter começado a enviar oleo para a caixa do filtro de ar, e fazendo com que vá junto com a gasolina para o cilindro)
      EX: http://vadiodaxt.blogspot.pt/2012/06/limpar-filtro-de-ar.html

      Por ultimo... pode ser segmentos na sucata, cilindro riscado, vedantes das válvulas com os dias contados, etc

      Ou alguém que se lembrou de meter óleo dentro do escapo para evitar que ele apodrece-se enquanto a mota teve esse tempo todo parado...

      PS: podes registar-te no Forum Clube XT Portugal, que a malta, dá-te mais algumas dicas... eu também participo diariamente nesse Forum ;)

      ABRAÇO (Edgar)

      Eliminar
  11. Desde já obrigada pela resposta
    Quando parou para o restauro está tudo bem com o motor e como disse o nível do óleo estou com dúvidas
    Metendo a mota a trabalhar durante 5 minutos nivelada depois parar esperar 30segundos (isto dito por um mecânico) o nível do óleo está a meio fazendo 4 ou 5 km e depois verificar com a mota nivelada está quase 1 cm a cima do máximo dai não saber como está o nível ao certo nesses 5km que fiz a caixa do filtro está seca e o fumo sai com mais quantidade quando está em retorção alta mas o facto é que a saída da ponteira está molhado de óleo só estou a achar estranho é que antes de a restaurar não fazia nada disto
    Grande abraco

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... ...
      talvez (é mesmo talvez, pois não se pode dar certezas)
      seja a diferença de ela ter tido 15w50 ou 20w40 e agora ter 10w50,
      que é mais fino, ou ligeiramente mais fino...

      MAS 5 minutos para aquecer o óleo e para ele ganhar pressão é muito pouco tempo... (opinião pessoal)
      isso quer é o óleo ao rubro e uns bons quilómetros de AE a fundo e parar e ver de seguida o óleo sem esperar tempo...

      ou a frio se ela molhar uns 2mm a vareta... mesmo por ponta, normalmente é sinal que está a meio da vareta a quente

      ABR

      Eliminar
  12. Espetáculo Vadio da XT!!! Grande Blogue/Forum. Estou para me aventurar na mudança de óleo... com estes conselhos??! Aqui vou eu... Abc., DM(XT96);-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito porreiro saber isso... Obrigada
      e obrigada pela visita
      ABR (Edgar)

      PS: se eu poder ajudar em algo... "diz" :)
      mas existe um topico sobre a troca do óleo
      este: http://vadiodaxt.blogspot.pt/2013/06/trocar-oleo-do-motor.html

      Eliminar
    2. Revisão feita (óleo e respetivo filtro)... Dicas/Conselhos 5*****. até o pormenor do "expiro" do óleo do quadro!!! Precavi-me e o pneu... limpinho ;-) Abc DM(XT96)

      Eliminar
    3. OBRIGADO! DM (XT96)

      Eliminar
  13. Boas! grande blog que aqui tens, tenho andado à quase uma semana a ver foruns e blogs sobre xt 600 e finalmente vou comprar a minha hoje :D as tuas dicas deram imenso jeito. Este fim de semana já lhe vou fazer a revisão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :)
      e obrigada pela visita
      Boa-sorte com ela...
      se poder ajudar em algo, diz... ;)
      ABR (Edgar)

      Eliminar
  14. Boa tarde,
    Tenho uma XT660R de 2011. Tenho 50 anos e feliz ou infelizmente continuo a conduzir como se tivesse 15 anos. - É assim que me dá pica!
    Mas o que me trás aqui é o seguinte. Como gosto de travar tarde e por consequência ter de fazer umas reduções um pouco radicais, acontece-me por diversas vezes o seguinte:
    Se tiver de parar num semáforo, às vezes quando meto 1ª a mota vai-se abaixo, como se tivesse entrado ar para o motor ou tivesse havido pura e simplesmente um corte de corrente. – Logo a seguir costuma pegar à 1ª mesmo com a 1ª engrenada!
    O mesmo acontece em andamento. Aqui é bem pior, pois como o motor tem bastante compressão a roda traseira bloqueia – felizmente, até hoje só aconteceu em reta, nunca em curva, senão… - Logo a seguir, meto-lhe a embraiagem e pega. Meto uma ou duas abaixo e lá continuo…
    Alguém tem uma ideia do que isto poderá ser?
    Obrigado desde já,
    Mário

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde,
    Tenho uma XT660R de 2011. Tenho 50 anos e feliz ou infelizmente continuo a conduzir como se tivesse 15 anos. - É assim que me dá pica!
    Mas o que me trás aqui é o seguinte. Como gosto de travar tarde e por consequência ter de fazer umas reduções um pouco radicais, acontece-me por diversas vezes o seguinte:
    Se tiver de parar num semáforo, às vezes quando meto 1ª a mota vai-se abaixo, como se tivesse entrado ar para o motor ou tivesse havido pura e simplesmente um corte de corrente. – Logo a seguir costuma pegar à 1ª mesmo com a 1ª engrenada!
    O mesmo acontece em andamento. Aqui é bem pior, pois como o motor tem bastante compressão a roda traseira bloqueia – felizmente, até hoje só aconteceu em reta, nunca em curva, senão… - Logo a seguir, meto-lhe a embraiagem e pega. Meto uma ou duas abaixo e lá continuo…
    Alguém tem uma ideia do que isto poderá ser?
    Obrigado desde já,
    Mário

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mário
      Gostava de poder ajudar, mas... mas não sei se consigo :(
      mas há coisas que podes fazer ou verificar
      - garantir que o filtro de ar está OK e limpo
      - que o relantim está com rpm correcto depois de ela ter o motor bem quente
      - e talvez por ultimo (mas pouco provável), verificar se existe algo de errado com o sensor do descanso, ou com esses fios e ficha, pois se ele estiver indicação de estar em baixo o motor desliga-se quando engatamos uma velocidade.

      Mas parece que deve ser algo relacionado com o rpm baixo
      ou filtro de ar "sujo"

      lamento não conseguir ajudar com certesas, mas a 660cc não é a "minha praia" habitual, e as dicas que estou a escrever vem da experiencia que tive com a nova Tenere 660 que tem o motor igual

      Boa-sorte com isso
      1 Abraço e OBR pela visita

      Eliminar
  16. Olá vadio tenho estado atento ao teu blogue é também sou um fã da XT há muito ano que sonho ter uma, chegou a hora de aventurar e encontrei uma à venda se me pudesses ajudar a analisar a mota pelas fotos agradecia!O meu email é jose.e.castro1981@gmail.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá José
      É sempre difícil criar uma opinião valida pelas fotos
      mas eu sugeria que fizesses um registo no forum Clube XT Portugal, e que postasses lá essa ajuda...
      Além de poderes poder criar um post, também existe no CXTP mensagens privadas para trocar opiniões...
      Eu costumo dar uma saltada ao Forum todos os dias, e depois falamos :)
      ABR

      Eliminar
    2. Boa noite Vadio.

      Podes-me ajudar no seguinte, onde posso comprar uma vareta de óleo para a minha XT350? E já agora um bujão do óleo? Obrigado e parabéns pelo teu blog :)

      Eliminar
    3. Olá David

      A XT350 não tem vareta, nem é possível ver o nível do óleo com uma vareta... pois o nível máximo está muito abaixo do bujão de plástico para introduzir o óleo novo...

      O nível do óleo da XT350 verifica-se num óculo que está junto ao pedal do travão de trás.

      Se procuras aquele bujão de plástico por onde se abastece o motor de óleo, talvez na Yamaha e isso é carote (talvez uns 25€ sem o oring)
      O bujão para trocar o oleo aquele que está por debaixo do pedal das mudanças custa na Yamaha uns 6€

      OBR pela visita
      ABR (Edgar)

      Eliminar
    4. Boa tarde Edgar.

      Muito obrigado pela a ajuda.

      Um abraço e continuação de um excelente trabalho com este blog.

      Cumprimentos,
      David Sobral

      Eliminar
  17. Obrigado pela dica e aproveitei para me inscrever e apresentar me.
    Belo blogue que aqui tens������.

    ResponderEliminar