Inicio | | Viagens | | Voltinhas | | Manutenção | | TUGATECH | | História da XT |  VELA 

quinta-feira

Dia Nacional Motociclista

A bonita região de Castelo Branco recebeu a edição de 2013...

Já andava a ressacar uma voltinha apimentada...
eu compreendo muito bem a vida de certas pessoas que são doentes e dependentes de algo...
(palavras técnicas e floreadas... para dizer que compreendo quem tem um grande vicio)
simplesmente tornei-me viciado em rolar de XT... e rolar à "nossa maneira" (minha e dela)

Para satisfazer essa necessidade ou adição todas as desculpas servem de pretexto para nos pirarmos...
pretexto para nos pirarmos do nosso dia a dia...

O dia Nacional do Motociclista foi a "desculpa perfeita"... eheheheh

Ainda me recordo de ouvir falar da primeira edição que aconteceu em 1997 nos Jerónimos...
Eu não fui... mas lembro-me de ouvir dizer... "apareceu lá um gajo... um tal de Brasileiro chamado AC Farias que fez malabarismos impensáveis com uma 600cc"
Era a primeira vez que freestyle entrava pelas nossas fronteiras a dentro...
Foi uma loucura... e ninguém ficou indiferente a esta isto... e não se falava noutra coisa...

Agora tudo está diferente e acabamos por vir a ter o nosso campeonato nacional... donde saio um Campeão Mundial que fez historia...
Humberto Ribeiro consagrou-se Campeão do Mundo em 2004 depois de bater o alemão Christian Pfeiffer (detentor do titulo), e o Brasileiro AC Farias, considerado o Rei da modalidade


Depois de 16 edições do Dia do Motociclista em que nunca participei, resolvi ir ver com os meus olhos esse evento... mas sobre o evento acabei por não ver nada de nada !!!


Era sábado... era meio dia... estava tudo feito e organizado... e podia ir vadiar...
Fui em direcção a Castelo Branco, e a pressa era tanta que me esqueci de almoçar...
Já tinha preparado de véspera o saco-cama, e respectivos kits para vadiar com estilo... eheheh

...e foi assim... (video de 3 minutos)




Arrepiamos caminho...
Saímos de casa com o sangue na guelra e com a faca nos dentes...
mas depois de nos misturamos com a paisagem, encontramos a calma que necessitávamos...




Tínhamos pela frente 200 e tal kms...
desta vez não tínhamos feito contas...
nem tão pouco levávamos um mapa...
desta vez íamos mesmo ao "Deus dará"...

usamos alguns caminhos que já conhecíamos de outras voltinhas...

e procuramos com sucesso novos trilhos...






Quando entramos por um trilho, ou uma estrada, ou seja aquilo que for que tenhamos pela frente...
se estivermos com o "nosso espírito" apurado, começamos a ver beleza em todo o lado e à percebermos-nos de todos pormenores...

Vivemos num país fantástico... lindo e cheio de coisas para apreciarmos e desfrutarmos...
Encontrei uma fonte... uma fonte de agua fresca que corria sem parar...




Para alguns é uma fonte... para outros é sei lá o quê...
para mim foi das melhores aguas que tenho na memoria...

Junto a essa fonte existe pendurado num muro do lado direito um Cocharro de Cortiça...
Enquanto bebia agua por ele... recuei à minha infância... lembrei-me das viagens com os meus vizinhos no seu VW carocha de 1960 que tinha um cocharro junto ao vidro traseiro...
lembrei-me das viagens pelo Alentejo para a Aldeia de Odivelas e da sua Ribeira e barragem...
Lembrei-me dos fins de semana no coração do Alentejo, onde dormíamos numa casa que não tinha electricidade e agua potável... que tinha uma cozinha e sala de estar com uma enorme lareira onde o chão era de terra batida...
Lembrei-me disto tudo com saudades... eram como uma 2ª família onde não me deixavam faltar nada...
São tempos que já não voltam... nem o meu vizinho, nem o VW carocha estão entre nós... mas passaram por este mundo e deixaram grandes e boas recordações...

Lembrei-me das palavras do meu vizinho... "bebe pelo cocharro que vai saber-te muito melhor"
e era... parece que a cortiça e a forma natural como bebemos a agua, aumenta-nos a satisfação enquanto matamos a cede...




Continuamos à procura de novos caminhos...
nem sempre resulta, e algumas vezes o trilho ou caminho termina porque encontramos uma proibição qualquer...

Não é problema, e da-se meia volta...
e seguimos por outro caminho sem complicar o que é fácil...

desta vez não foi excepção, e por diversas vezes demos meia volta... mas o nosso objectivo principal é fugir à rotina e ver coisas novas... e vermos as tais coisas nos dois sentidos, é sempre fixolas!! eheheh





Chegamos à Vila de Nisa...

desta vez não estávamos apenas de passagem... paramos e lembrei-me que eram talvez umas 4 ou 5 da tarde e ainda não tinha almoçado... o dia estava-me a correr de feição e nem tinha tempo para pensar em pormenores com o almoço...
Mas pronto... "um homem não é de ferro", e temos que repor energias... comi apenas um bolo e bebi um café (tipo segundo pequeno almoço) e fui conhecer a Vila de Nisa...

Na Vila de Nisa salta à vista duas enormes torres de Igreja, e fui vê-las de perto e acabei por dar uma volta pela vila e conhecer o resto...

Saí de Nisa em direcção a Vila Velha de Rodão e acabei nem sei muito bem onde...
Era um pequeno Labirinto de caminhos que por vezes terminavam devido a derrocadas ou autênticos mini lagos no barro...

...a "fimadeira gopro" ia ligada e registei esses momentos (54 segundos de video)




Depois de encontrar a Ribeira de Nisa consegui situar-me...
A ribeira transbordava de tanta agua e tinha uma corrente fortíssima...





Entretanto já tinha feito alguns contactos telefónicos...
e se tinha rede era sinal que estava perto de alguma estrada ou aldeia...

Os contactos telefónicos assegurava-me se tivesse algum azar, que iria ter a melhor equipa de resgate do mundo... Tinha um Grupo de pessoas à minha espera na região de Castelo Branco... e eles sabiam que eu ia a caminho...
Era a malta do Clube XT Portugal que andava por aqueles lados, e iríamos encontra-nos na quinta dum desses Amigos...


Era impensável tentar atravessa-la sem ser por uma ponte...
mas sem saber muito bem como... fui dar direitinho a uma ponte... eheheh

Video: Passagem pela ponte submersa Ribeira de Nisa





Depois de andar por "não sei muito bem por onde", parei em Vila Velha de Rodão...
saquei do TLM e liguei ao meu Amigo Nuno...
Eu - Tou Nuno!! tudo fixe?? sou eu o Edgar!!
Nuno - sim eu sei que és tu !! 
Eu - Olha lá uma coisa... eu estou em Vila Velha, e tu moras aqui?? não queres pagar um cafézinho??
Nuno - É pra já... e tens sorte que acabei agora de chegar de Lisboa!! olha vira aqui e vira depois em tal sitio e tal e vens... .... ... ... ...

Desliguei o telemóvel e ouço uma mota a descer a serra... pruf.. pruf pruf
Era uma Honda Transalp que eu não conhecia... mas conhecia o capacete e o "menino" que vinha em cima dela...
Era o meu Amigo Rui de Évora...
Rui - Eh pá... o que fazes aqui ??
Eu - estava à tua espera !! eheheh
Rui - mas como?? como sabias que vinha ??
Eu - estava à tua espera para irmos ali beber um cafézinho à casa dum Amigo...
... ..mas que bela maquina...!! então essa é que a tua "menina" nova... bla bla bla...
Rui - tens que experimenta-la e tal... e troca lá comigo e bla bla bla...

E assim foi...





Já não estava sozinho... agora seriamos 3 porque o Nuno resolveu ir com a gente...
e seguimos caminho...

próxima paragem: Cebolais de Cima
(Quinta do meu Amigo Ricardo, às portas de Castelo Branco)

O Ricardo e a sua Família esperava por nós...
e foi com muita alegria e saudade que fomos recebidos...


Depois duma grande jantarada seguida de outra jantarada... mais 4 ou 5 tipos de sobremesas...
e sempre tudo muito bem regado, com os melhores líquidos que foram inventados...
era altura de dar um pulinho a Festaróla que havia na aldeia...

Não tenho fotos... nem vídeos... era altura de respeitar a Amizade e o nosso convívio...
... era altura de dedicarmos toda a nossa atenção ao que conversávamos, ao que acontecia...
e como tal não existe registo "peligrafico" disso...

A madrugada já se sentia na pele...
tinha sido um dia com muito "trabalhinho"...
O Ricardo emprestou-me o um anexo onde tínhamos jantado... e foi junto a estes paus a arder que eu dormi...

Pela manha bem cedo acordei com uns barulhos de fundo... alguém andava ali por perto...
levantei-me e encontrei uma mesa com o pequeno almoço preparado...
pão caseiro / fiambre / queijo / manteiga / presunto / doce / leite / café / sumo / etc etc (simplesmente estava na casa do Ricardo)




Era Domingo...
e hoje não estava sozinho...
éramos uns 10 Amigos...
e era dia de irmos para até Castelo Branco...

e parece que os  Teletubbies estão novamente na moda...




Mas iria ser um Domingo longo e preenchido eheheh
aconteceu de tudo um pouco...
- pequeno almoço
- um furo
- pequeno almoço
- curvas muitas curvas
- um trambolhão numa curva traiçoeira
- 15 minutos no recinto do Dia do Motociclista
- dois almoços
- regresso a casa

O furo, foi resolvido em minutos...
a queda, originou apenas umas calças todas esfarrapadas e uns risquitos nuns plásticos...
(valeu-lhe as protecções, principalmente as joelheiras)





Com tanta coisa a acontecer...
acabamos por fazer apenas uma visita de uns 15 minutos ao Evento...
                                                                                              só lhe faltava a auréola 




Bom...
resumindo e concluindo o Domingo foi um dia XXL
mas desta vez não estava sozinho...  e como tal tenho que terminar por aqui a foto-reportagem...
porque faço questão de respeitar a privacidade dos outros...

e no final da tarde rolamos para casa...
Desta vez tinha uma bela escolta... eheheh





e foi assim...
foi mais um fim de semana daqueles...

OBR pela visita...

11 comentários:

  1. Boas

    Não nos conhece-mos, mas eu não consigo deixar de verificar periodicamente este teu blog.
    A maneira como relatas as tuas viagens, faz-me viajar virtualmente, e ao mesmo tempo vai-me aguçando o apetite de fazer o mesmo que tu mas na minha NX650.

    Cumps
    Nelson Serra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nelson
      Fico feliz de saber que assim é!! ou que assim foi !! :)
      Eu com uma Dominator ninguém me agarrava LOOL (bela Maxine com "M" maiúsculo)
      Talvez a gente se cruze um dia destes :) pois o mundo é pequeno :)
      Eu pago a 1ª rodada ;) eheheh

      ABR
      OBR pela visita e pelo comentário :)

      Eliminar
  2. Companheiro Edgar é com enorme prazer que passo por este bom blog,frequentemente para ler as ultimas,onde tu com essa tua linguagem simples, mas objectiva,consegues de uma forma simples nos fazer viajar também,contigo,um bem aja,e continua com esse grande espírito,..
    abraços, Carlos Jorge ( cajo)..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carlos
      Nos meus tempos de escola (infelizmente) nunca tinha positiva na disciplina de Português !! tem sido uma luta pessoal para contrariar esses tempos... :)
      ler o teu comentário é receber uma "palmadinha nas costas"
      por isso, muito Obrigada :)
      e OBR também pela visita

      ABR
      Edgar

      Eliminar
  3. Boas Edgar, o que mais me impressiona é que consegues transformar qualquer voltinha que seja numa aventura com montes de coisas para contar, fantástico, continua assim, abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. heheh
      pois... eheheh
      mas na verdade muitas vezes tenho que seleccionar apenas algumas coisas para contar... para não tornar a historia da coisa muito maçuda... eheheh
      OBR pela visita :)
      ABR :)
      Edgar

      Eliminar
  4. Grande vadio.......e como diria um amigo comum.........são uns tretas..........esta vai da Argélia........grande abraço..........

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha o meu Amigo Pedro :)
      Esquece lá a Argélia e vem mas é para Portugal que temos tido aqui uns belos dias para rolar de Mota eheheheh

      Grande Abraço :)

      Eliminar
    2. Estes últimos tempos não tenho conseguido por km na xtolas........vou dando umas voltinhas pequeninas......qualquer dia já nem sei andar......lol....abraço

      Eliminar