Inicio | | Viagens | | Voltinhas | | Manutenção | | TUGATECH | | História da XT |  VELA 

sexta-feira

ConquiXTa da Baía dos Lagosteiros

Foi um belo episódio... eheheh

Era Domingo de manhã, acordei com a pica toda...
e embora tenha dito na véspera que não ia tirar a mota da garagem... o vicio falou mais alto.

Depois de afiar os pneus nas curvas até Sesimbra, fui para o Cabo Espichel...
Estava sozinho e não tinha nada planeado,
Vi uma antena, e porque não ir até lá...

Parece que era um radar ou algo para controlar o tráfego marítimo ao largo do Cabo Espichel

Nos arredores da antena, encontrei uma pedreira abandonada, e fui ver de perto a sua enorme cratera.




Mais tarde vim a descobrir que se chama a pedreira do Zé Galo,
que tem o acesso vedado, e sem saber muito bem como consegui contornar a vedação...






Segui caminho... e aproveitei para tentar perceber a tal historia das pegadas de dinossauros
no Cabo Espichel existe pelo menos em 2 locais pegadas fossilizadas,
são pegadas com mais de 140 milhões de anos e que se encontram muito conservadas...

Segundo dizem, são pegadas duma manada de uns tais de "Saurópodes"

Embora não dei-a para ver, as pegadas aparecem nesta foto...
"Pedra da Mua" que em tempos foi horizontal.

 



e porque não, tentar ir ver as pegadas de perto?

Basta descer até à praia, que em tempos até teve um acesso acessível...
A praia chama-se "Baía dos Lagosteiros"
é uma praia perto de tudo, mas ao mesmo tempo deserta e selvagem,
tem pouca areia e muitos pedregulhos redondos...





Nesta Baía, repousa os restos mortais de vários carros... 
Mais tarde em conversa com os vendedores ambulantes do Cabo Espichel, vim a descobrir que existe uma media de um suicídio por mês, com carros nesta encosta.
É uma queda enorme, capaz de desmembrar qualquer carro, e só não existe dezenas de carroçarias lá em baixo, porque o Oceano leva-as da praia para aguas mais profundas...

Talvez não seja bem assim... e façamos votos para que não seja totalmente verdade.





Como esta praia é famosa devido às pegadas fossilizadas, deixei lá mais uma para a posteridade...
eheheh












Descer até à praia não foi fácil...
mas subir para sair dali, é que me deu agua pelas barbas...
(video editado e com musica "VER AQUI")




Obrigada pela visita
Edgar





6 comentários:

  1. Muito bacana o relato e as filmagens. Tenho uma XT também e seu blog é muito inspirador. Parabéns. Bons passeios.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Guilherme
      OBR Amigo :)
      e OBR pela visita
      Abraço
      Edgar

      Eliminar
  2. Impresionante vídeo. Buena ruta, me gusta mucho Cabo Espichel.

    ResponderEliminar
  3. Que maluqueira aquele caminho!
    Não sei se com a minha XT o fazia...ou então com umas quedas a mais do que o Edgar!
    Boas voltas!
    Vítor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vítor
      pois.. realmente é um caminho um bocado lixado,
      mas se a minha XT fez com os pneus de origem e com a pressão de usar na estrada,
      acredito que qualquer uma o fazia...
      OBR pela vista e pelo comentário :)
      e boas voltas também para ti ;)
      Abraço (Edgar)

      Eliminar