Inicio | | Viagens | | Voltinhas | | Manutenção | | TUGATECH | | História da XT |  VELA 

sexta-feira

Trocar um Pneu

Trocar um pneu numa XT600 é pêra doce...                                               59.934kms (Abril 2012)

Ora bem e falando de uma forma honesta...
é necessário ter algum jeito, e algumas condições...
mas não é nada do outro mundo... e esse jeito que eu falei na frase anterior, só ganhamos se arregaçarmos as mangas e pusermos mãos à obra...
e ninguém nasce ensinado... essa é a fronteira que temos sempre que atravessar!!

Numa XT com jante DID de ferro (que são fortes e feias) e que usa pneus convencionais... torna-se de certa forma fácil ou acessível... 

Desta vez, foi o pneu de trás...


Estava carequinha e com pouco mais de 10 mil kms
dos quais 2400kms foram feitos num fim de semana em estradas abrasivas e sob um sol escaldante...
este pneu rendeu bem...

O pneu era um TW42 120/90/17
e foi trocado por um 130/80/17 Michelin Sirac (usado) 

A ferramenta usada... foi apenas a ferramenta do kit da XT600
...embora tenha outra ferramenta com mais qualidade na garagem, esta troca serviu também de teste às capacidades da ferramenta do kit... 
...e tenho que ganhar confiança no kit que levo nas minhas voltinhas... 
e está provado que resulta (ou resultou já 3 vezes...)

esta é a ferramenta necessária para tirar a roda (chave 22mm e 24mm)


Tirar a roda... ou o veio da roda!! não tem ciência nenhuma.

basta desapertar a porca, e empurrar e puxar o veio !!

também podemos desapertar a fixação da pinça de travão 
(chave 14mm / foto ao lado)

e seguramente temos que desapertar esta fixação durante a montagem da roda (ou pelo menos facilita a colocação da corrente)




- vejam qual é a posição do esticador da corrente... 
para facilitar a montagem!! e evita estarmos a perder temo a ajustar a folga da corrente...
- O veio tem que sair e entrar sempre sem necessidade de marteladas...

Ahhh...
e temos que ter a mota com a roda no ar!!
Eu tenho um "Descanso Central",
e facilita muito esta troca...
o descanso central pode ser trocado por um pouco de imaginação... e encontramos sempre uma forma segura de levantar a mota !





Depois de retirarmos a roda, temos que tirar o pneu e a câmara de ar da jante...
A ferramenta necessária é os desmontas e uma chave para válvulas...
Os desmontas podem parecer pouco convencionais, mas resultam na perfeição...
são desmontas "home made", e custaram 50 cêntimos... (ver tutorial kit anti furo)




Como não tenho uma bancada própria para servir de apoio à jante... utilizo um pneu velho,
desta forma:




- Começamos por retirar a válvula da câmara de ar...
- e depois temos que descolar o pneu... e fiz um pequeno video da operação...
...basicamente temos que descolar o pneu da jante, dos dois lados; 
- existe uma cinta laranja, que garante que o descanso central não vai recolher... 
  sem essa cinta, o risco da mota cair durante a operação de descolar o pneu, é enorme !!
- podemos usar agua com sabão para lubrificar e facilitar a desmontagem e montagem do pneu...
 VIDEO 



Durante a troca aproveitei para inspeccionar o estado da câmara de ar... 
...e tive um desgosto....
o tamanho da câmara de ar é 3,25/3,50-17 e deveria ser 4,60-17

É daquelas coisa que me custa engolir... e vamos lá recuar no tempo; em Setembro de 2008 paguei por esta câmara de ar 7,3€ durante a montagem dum pneu novo...
Eu não fui verificar o trabalho, porque confiei no mecânico (que se diz ter uma experiência de 30 anos ou mais)... foi num stand da Suzuki na Moita (que actualmente já perdeu a concessão)...
depois disso nunca fui confirmar o seu tamanho...
Sempre ouvi dizer... quem não confia, não é pessoa de fiar...
eu confiei no sr.mecânico, e lixei-me... 

Mas pronto... não tinha outra... e vai ter que aguentar mais algum tempo...
e se já andou lá 3 anos e tal... pode muito bem andar mais 1 ano...
Mas quando pago um serviço... o preço é igual, se for bem feito ou se for mal feito!!
por isso quero as coisas bem feitas... 
e por estas e por outras, o melhor é arregaçar as mangas e ponto final.


Voltando ao Tutorial...
quem consegue levar o trabalho até aqui... consegue fazer o resto...
e basta inverter o processo...

Como ia trocar um pneu 120 por um 130... aproveitei para tirar umas medidas e umas conclusões... 




Pneu 120/90/17 Versus 130/80/17
o que acontece quando pomos um pneu mais largo na XT ??

Dizem as regras que para pneus convencionais, com perfil entre 80 e 100, 
e para jantes superiores a 13", devemos seguir esta pequena tabela

.           Largura do Pneu          ..          Largura da jante          .
1102.15" até 3.00"
1202.50" até 3.00"
1302.50" até 3.50"
1403.00" até 3.50"
1503.50" até 4.50"
1603.75" até 5.00"
Atenção: que estes valores não são validos para pneus radiais usados nas Supermotards e algumas Maxi Trails

A XT600 tem uma jante de 2,50... 
e se esta tabela estiver correcta podemos usar pneus de 110 até 130.


Pela teoria... colocar um pneu 130 numa jante 2,50 vai fazer com que o pneu fique igual ao 120...
ou seja o 130 na realidade é 130/80/17... e o 120 é 120/90/17
teoricamente a jante vai transferir parte dos 10mm da largura para o perfil do pneu (que é o valor que esta a amarelo)

fiz uma pequena ferramenta para medir as larguras dos pneus...


No pneu 120 medi 124mm   
Bridgestone TW42 120/90/17

e quando montei o pneu 130 medi 127mm
Michelin Sirac 130/80/17

e também medi um Bridgestone TW42 130/80/17
que me deu a 127mm


Uma diferença real de 3mm... ou na casa dos 3mm
e pensarmos que ao montarmos um pneu de medida acima vai aumentar a largura da roda de trás...
é um erro... pois a jante vai transferir parte dessa medida para a altura do pneu...

Então por 3mm... comprar um pneu que é ligeiramente mais caro, e que tem uma medida diferente da recomendada pelo fabricante, e alem disso é uma medida diferente do que temos nos documentos da mota... Sobre isso nem sei o que diga...!!!
Pneu 130 em jante 2,50 ???   Eu acho que não é bom !! nem é mau !! 
é um pneu!!

A diferença entre o 120 e o 130 não deve ser significativa no consumo de gasolina...
e também não acredito que vá dar outro desempenho em curva ou off road... ou que vá melhorar uma travagem de emergência...


Por isso... quando comprar um pneu novo, vou optar pela recomendação do fabricante.

OBR pela visita...



PS 1: um agradecimento especial ao meu Amigo Rui  
         que gentilmente me ofereceu este pneu Sirac semi usado, que tem ainda muitos kms pela frente...
PS 2 : O pneu Michelin Sirac é pensado numa utilização estradista, capaz de rolar uns 15 Mil kms...
          mas rolar com este pneu fora de estrada pode ser uma aventura frustrante...

10 comentários:

  1. Até parece fácil mudar pneus de mota...
    Esse Sirac semi usado já deve ter pelo menos 20.000 kms :)...Já te mostro o meu Sirac com 12.000...
    PS: mais vale um Sirac usado do que um TW novo :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fernando
      Realmente o Sirac parece que vai longe em kms... quando comparado com o TW42...
      mas como eu gosto de andar em off road... necessito... ou prefiro uns TW41/42 ou parecidos...

      De qualquer das formas... o Sirac que montei tem apenas 3mm de rasto e têm cerca de 8 mil e pouco não vai chegar aos 12 mil...
      pois tem um rasto de 3mm que deve trocado quando faltar 1mm

      mas claro que vão longe nos kms e são muito bons em alcatrão, mas não falta-lhe "alma" em fora de estrada...

      ABR

      Edgar

      Eliminar
  2. Sem dúvida para um belo tutorial de como se pode fazer as coisas em casa.
    Parabéns e continua.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Alberto
      Fazer em casa é mais divertido... LoOL

      OBR & 1 ABR

      Eliminar
  3. Maravilha! estes tutoriais são tão divertidos como os relatos das saídas de estrada, e adorei a ferramenta super avançada para separar o pneu da Jante ;-)

    ResponderEliminar
  4. eheheh
    OBR pelo simpático comentário...

    Durante a troca do pneu lembrei-me do teu blog
    do furo que tiveste e de como resolveram o problema...

    http://maxitugolandia.blogspot.pt/2012/04/furos-nos-meus-veiculos-nao.html

    e fiquem a pensar... tirar aqueles pneus deve ser um pincel do caraças...

    Tenho andado muito pouco de mota :(
    o dinheiro para a gasosa está quase em vias de extinção... e tenho dedicado-me aos Tutoriais LoOL...

    mas dia 13 vou dar uma voltinha com um grupo de Amigos...
    Até vamos levar nas motas um fogareiro carvão e umas febras... para fazer-mos uma churrascada pelo caminho LoOL

    deve ser mais uma daquelas voltinhas que nos deixa com um sorriso de orelha a orelha...

    CUMPS ;)

    ResponderEliminar
  5. Parabens pelo Blog excelente para quem tem uma XT. Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carlos

      Eu é que te devo agradecer pela visita e pelo comentário ;)

      ABR
      OBR

      Edgar

      Eliminar
  6. Em Agosto de 2015 este post continua a ser visualizado e ajudar que precisa.
    Muito obrigado pela tua partilha e dedicação Edgar.
    Cumprimentos!
    Paulo Alves.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paulo
      OBR primeiro que nada pelo comentário e pela visita,
      mas actualmente olho para este post, e vejo nele algumas lacunas,
      e já comecei a pensar em edita-lo no sentido de o melhorar e não ser algo tão generalista, embora na altura em que o postei, tenha feito o melhor que consegui naquele dia... eheheh
      talvez ainda este mês lhe dei uma ediçãozita :)
      OBR, ABR
      Edgar

      Eliminar