Inicio | | Viagens | | Voltinhas | | Manutenção | | TUGATECH | | História da XT |  VELA 

domingo

ESKIMÓS 2013

Introdução:

Foi a 6ª edição dos Eskimós... e talvez a melhor de todas...
são 6 anos sempre a crescer em qualidade e onde a experiência da organização têm feito a diferença...

O Moto clube da Vila do Conde está de parabéns, e é difícil encontrar palavras para descrever o resultado da sua dedicação e trabalho para montar um evento em pleno coração do parque natural da serra da Estrela...


Para algumas pessoas a palavra "crescimento" é associado ao aumento do numero de inscrições ou sei lá o quê... Mas quando eu me refiro a "crescimento", estou a falar em crescimento na qualidade, espírito, identidade e propósito... (e outras palavras deste tipo, que são o alicerce do sucesso de algo duradouro).

Este ano sentiu-se novamente esse "crescimento" que tem sido continuo de ano para ano... e novamente com comida caseira por um preço simbólico, sempre servida com um sorriso...
(melhor, só na casa da minha mãe... eheheheh )
Simplesmente foram... ou são os Eskimós, com o cunho de qualidade e originalidade que o pessoal de Vila do Conde nos tem habituado...

Obrigado aos Amigos(as) de Vila do Conde...


A "nossa" participação:
"nossa" entre aspas... porque aqui ninguém é dono de nada...

A "nossa" forma de participar nos Eskimós, é quase um evento dentro do evento...
- fazemos a viagem à procura dum Portugal esquecido e por fora de estrada...
- acampamos com o que levamos apenas nas nossas Motas...
- usamos as nossas tendas, esteja um frio de rachar ou não...
- aquecemos com a lenha que a organização nos der ou encontrarmos...
- e levamos na bagagem um espírito genuíno...

ou seja... não inventamos nada...
apenas queremos respeitamos a tradição de rolar em duas rodas...

Somos motociclistas e vamos de mota com as coisas penduradas na mota
e fazemos destes 3 dias uma coisa difícil de explicar por palavras... 



Eskimós 2013 :

Era 9 da manhã (hora combinada) estava o Pedro e o Cardoso em Alcochete...
eu tinha trabalhado a noite toda, e saí às 7 da manhã do bulimento, e fui direitinho para casa por tudo em cima da XT para arrepiar caminho... e fui o ultimo a chegar a Alcochete...
o Rui estava atrasado e com o carro empanado e teve que fazer não sei o quê, e tinha abandonado a "lata" numa berma qualquer e ia a pé para casa para ir buscar a Mota...
o João estava com uma treta qualquer na roda traseira e não podia ir por off road...

e pronto éramos 3...




A próxima paragem seria em "Ponte de sor"
em Ponte de sor, juntou-se à Equipa o Marco que estava à nossa espera mais o Rui que tinha vindo com o punho todo enrolado para nos alcançar...
a equipa cresceu para 5 Amigos

em "Nisa" o Nuno juntou-se à malta, e a Equipa voltou a crescer...

O Nuno conhece a região de Vila velha do Ródão como ninguém, e seria o nosso guia nas próximas horas...
Saltamos para fora de estrada... e fomos conhecer uma família de  Grifos no seu habitat natural

Fiquei surpreendido em encontrar no nosso "quintal" e no seu estado natural uma colónia de abutres...
Era gigantes e deviam medir uns 2 metros e meio...
pareciam planadores a voar por cima de nós...







Estávamos maravilhados com o que tínhamos encontrado...

por momentos ficamos por ali, sem pressas...
tínhamos o tempo todo do mundo... ou seja, tínhamos deixado o relógio em casa.




As nossas "meninas" também puderam ver de perto toda essa beleza...
e foram elas que treparam e nos levaram até onde deu para ir...




A hora de almoço estava próxima... mas como estávamos sem pressas, acabamos por descer a encosta até ao nível do rio Tejo por um belo trilho que até ensinava a rolar...
O dia prometia... e a beleza do local ajudava... e quando aqui chegamos, ficamos todos sem palavras... "Portas de Ródão" no seu melhor









Era altura de continuar... e ir à procura do almoço...
Como já é habito quando estamos na região de Castelo Branco, aproveitamos para visitar o Restaurante "Chuva de Estrelas"...
come-se bem, com qualidade, e paga-se sempre o mesmo... Bebida à descrição, grelhada mista, sobremesa, café, e a simpatia da empregada de mesa, tudo por 5€.

Um dia que passem por lá, façam-lhes uma visita e vejam com os vossos próprios olhos, e vão sair satisfeitos por um bom preço...  ( N39º48'45.32''  W7º28'54,44'' travessa eng. Adriano Godinho )

Depois de estarmos bem almoçados, era altura de continuar...
Era altura de atravessarmos a Serra da Gardunha...

Era a minha vez de "liderar as tropas", e tinha preparado esta parte do percurso...
estávamos muito bem preparados e até tínhamos um mapa personalizado... uma folha A4 carregada de alta tecnologia...



Atravessar a Serra da Gardunha em fora de estrada, é daquelas coisas de "querer e chorar por mais"...

Durante a subida paramos para poder gozar a paisagem... e depois desta paragem não tirei mais fotos... apenas fiz um video com a minha filmadeira que está no inicio da cronica





Os dias nesta altura do ano, ainda são pequenos... e rapidamente vimos o sol começar a perder força...
e quando saímos da Serra e entramos no Fundão, o sol já era...
Tínhamos que fazer o resto do caminho e subir até ao Vale do Rossim com a luz da noite...
mas nada disso nos preocupava... e já são muitos anos a "virar frangos", e tudo correu bem...


Subimos a Serra por Manteigas, e quando chegamos ao acampamento tivemos uma agradável surpresa...
NEVE... havia neve, branquinha e fresquinha...

A fogueira de boas-vindas do acampamento do Clube XT Portugal já bombeava calor e iluminação...

Foi só procurar um espaço sem neve, e estava a barraca armada...




Depois de montar a tenda, fomos fazer a inscrição...

e podíamos escolher entre pagar 30€ ou 15€
os 30€ dava-nos direito ao acampamento, todas as refeições (2 pequenos almoços, 2 almoços, e 2 jantares), e mais alguns brindes... um desses brindes foi uma camisa de manga comprida que só por si valia mais que os 30€...

a inscrição de 15€, penso que dava direito a tudo mas sem refeições...



Ao final do dia, a minha carcaça começou a dar sinais de cansaço... tinha sido um dia longo e tinha trabalhado a noite toda... Quando sai do "bulimento" apenas tive tempo para por tudo em cima da XT... juntando a noite de trabalho mais as 10 horas de viagem com os fora de estrada até à serra da Estrela,
e nem me tinha apercebido que estava acordado à mais de 32 horas...
Quando caí no saco cama dormi como uma pedra que ressonava desalmadamente...
Devido aos decibéis produzidos por esse sono profundo, devo ter sido o único que realmente dormiu...

Acordamos com um solinho que enchia o céu salpicado com poucas nuvens...
Iríamos ter um belo dia pela frente...




Lavamos as ramelas, tomamos o pequeno almoço e descemos a serra para depois voltar a subir em direcção ao Poço do Inferno...  N40º22´24,54'' W7º30'59,11''

O Poço do Inferno é uma garganta aberta pela ribeira de Leandres no rochoso granito e xisto, que fica a mil e poucos metros de altitude.
A ribeira de Leandres é uma importante afluente do rio Zêzere com uma bonita cascata que não deixa ninguém indiferente...
Todos os dias o Poço do Inferno é visitado por "resmas e resmas" de gente, que não poupam nas fotos.

Tiramos a foto de Família dessa manhã:
(falta o João O. que estava a tentar ligar a maníca peligrafica)
Marco A / João L. / Miguel / Rui / Cardoso / Pedro / Marco F. / Edgar(eu)




O grupo nesta altura já estava maior... mas andava disperso pela serra...
Falta o Johnny mais o irmão, o Moutinho, o Leitão com a sua esposa, o Nuno, o Carlos, e o Ricardo que teve de "dar à sola" para ir bulir na madrugada de Sábado...
Também tivemos a visita "de médico" do Pedro mais a família que estava de passagem...
Acho que não me esqueci de ninguém...

O grupo era grande e cada qual com a sua "menina"...




A saída do Poço do Inferno em direcção ao Covão da Ametade, foi feita por fora de estrada...
O trilho que começou com algum nevoeiro, rapidamente deu origem a um horizonte limpo e penso que as fotos falam por si...




A satisfação era grande... e tudo o que se dizia ou todas as conversas que tínhamos, acabavam a rir...
Andava tudo com um sorriso de orelha a orelha...
Era isto que procurávamos...
era aqui que queríamos estar...
e atravessávamos, trepávamos, descíamos, subíamos tudo o que aparecesse pela frente...




A neve prega-nos partidas... e desta vez pregou comigo no chão...
antes isso, que viver com medo... e quem vive com medo morre aos poucos todos os dias...
(mas eu desconfio que a neve foi sabotada pelo "bandido" que tirou esta peligrafia)



Era quase 2 da tarde quando decidimos ir procurar pelo almoço... e regressamos ao acampamento...

Os trilhos que usamos neste parque natural, ficaram lá como os encontramos...
e a nossa passagem não os prejudicou ou alterou em nada a fauna ou flora da região... pois esse é sempre o nosso objectivo prioritário...
Deixamos sempre tudo como encontramos...





O Vale do Rossim estava à nossa espera, cheio de motas e cheio de cor...

Este ano tivemos a participação de um grupo de franceses que atravessaram França e Espanha com as suas Motas e tendas para estarem nos Eskimós...

Também tivemos a participação de vários "nuestros hermanos", dois Amigos da Galiza, que eu já os conhecia virtualmente, e que tiveram conhecimento dos Eskimós através do meu blogzeco...
Un Abrazo para Placas y su amigo



A fogueira continuava a bombear, e de seguida fui para a tenda de refeições... e lá estava as senhoras da organização com a sua simpatia e sempre com um sorriso a encherem os pratos com boa comida...


O inicio tarde iria juntar os dois grupos de do Clube XT Portugal, e o Miguel estava a preparar uma voltinha com a desculpa que necessitava de ir beber café fazer um telefonema... eheheh

Eu acabei por ficar junto à fogueira a reparar um plástico partido na minha XT
no meio de tanta conversa a tarde termina e a noite toma conta do acampamento...
E foi mais uma noite, cheia de historias,  bons Amigos, bons petiscos, boa pinga, sempre acompanhados de um pequeno machado que cortou lanha a noite toda...

Simplesmente estávamos a viver, ou a participar em mais uma edição dos Eskimós...



É uma "Concentração" de Motas invernal que é única em Portugal e que deve dar cartas a outras maiores como os Pinguins...
e digam o que dizerem para mim os Eskimós é a numero 1 em concentrações invernais, porque temos a beleza do Parque Natural da Serra da Estrela...
e temos a liberdade de poder rolar por trilhos com uma beleza ímpar...

Pensar fazer off road em Espanha... iria terminar com pesadas multas devido as leis espanholas.
pois é proibido andar de Moto ou outro tipo de veiculo em trilhos com menos de 4 metros de largura...
Se pensas andar em fora de estrada em Espanha, deves ver este Video (clicar AQUI)




Mas também, para quê? complicar! quando temos a melhor concentração do mundo no nosso quintal eheheh


A madrugada chegou, e fui dos últimos a abandonar a fogueira...
também fui dos últimos a acordar na manhã seguinte...






Segundo a previsão meteorologia para domingo, iria começar a chover ou nevar nas zonas mais altas por volta do meio dia... e não falhou por muito...
O grupo tinha divido-se em uns 4 grupos, porque nem todos somos da mesma zona...
por volta das 11h o meu grupo estava novamente na estrada...

O regresso dava para escrever outra historia... eheheh
mas vamos esquecer os pormenores desta vez a viagem de regresso...

Apanhamos chuva durante quase todo o caminho... fizemos uma paragem na aldeia de Cebolais, e onde estava à nossa espera uma garagem para as "Meninas", uma lareira para enxugar a roupa, e uma mesa farta de comida e bebida...




Cheguei de noite a casa...
Se podia ter corrido melhor??? acho que não!!
se para 2014 será melhor ?? será certamente !!




OBR pela visita...
OBR ao pessoal do Motoclube de Vila do Conde
OBR aos desmiolados do CXTP

OBR e para o 2014 lá estamos novamente...



PS: existe algumas fotos que foram subtraídas a terceiros...
umas foram gamadas no facebook e outras no Clube XT Portugal...

peço desculpa a quem se sentiu subtraído... mas aviso já que não tenho medo de ninguém. 

Álbum de fotos dos Eskimós 2013 (VER AQUI) 






 

- ESKIMÓS  2009  ...Duros & Loucos" todos reunidos...

- ESKIMÓS  2010 ...chuva, neve, gelo, nevoeiro, amizade e espírito de equipa...

- ESKIMÓS  2011 ...até deu para nadar na neve ...

- ESKIMÓS  2012 ...Frio de alta qualidade...

ESKIMÓS 2013 ...o melhor ano de sempre...

- ESKIMÓS 2014 ... esteve ao rubro...

- ESKIMÓS 2015 ...a maior de sempre...


40 comentários:

  1. mais uma crónica fantástica, estive mesmo para ir ao meu 1º Eskimós, mas na semana seguinte tinha já agendado dois dias pela serra da Cabreira em modo"vadio solitário" e não dá para tudo...mas assim sempre me dá um gostinho do que foi este aglomerado de camaradas das aventuras, abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Joel
      esse é um problema que todos temos... o tempo não dá para tudo!
      e quem diz o tempo, diz outras coisas €heheh
      Mas para o ano vai haver mais... e ainda temos o Travel Event da Touratech em Setembro ;) (normalmente o CXTP faz um evento dentro do evento neste fim de semana)

      ABR
      OBR pela visita :)

      Edgar

      Eliminar
  2. Muito bom, grande espirito
    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Daniel
      é o que se arranja... eheheh
      OBR pela visita
      ABR
      Edgar

      Eliminar
  3. Muito bom. Espero para o ano já conseguir acompanhar-vos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Hugo

      Já temos temos um lugar reservado para ti ;)

      OBR pela visita :)
      ABR
      Edgar

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Olá Paulo
      eheheh em 2014 estamos lá outra vez :)

      ABR e OBR pela visita

      Eliminar
  5. És mesmo o meu tretas preferido .....vou visitar-te tantas vezes que só por mim os gajos te vão patrocinar .
    Bela cronica Amigo ! ao teu estilo !

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha o meu Amigo Ruizinho :)
      vê lá se na próxima vens com a malta, páh :P
      sem ti a coisa perde a graça... eheheh

      ABR dos Grandes

      Eliminar
  6. Parabéns a todos pelo espírito e pelo companheirismo!
    É um verdadeiro cronista de viagens ;)

    Saudações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como sempre belas crónicas, belas fotoreportagens e espirito de aventura ao mais alto nivel.
      Este vadio "leva-nos" por bons caminhos.

      Eliminar
    2. Olá Francisco
      OBR Amigo...
      a cronica fui eu que escrevi, mas apenas escrevi o que a malta fez e como foi... e o grupo é que está de parabéns :)
      de resto faço das tuas palavras, minhas também :)
      ABR dos grandes
      Edgar

      Eliminar
    3. eheheh
      OBR Pedro...
      ABR dos grandes :)

      Eliminar
  7. Parabéns pela crónica Edgar.

    Está excelentemente bem retratado por palavras e imagens, o que é este convívio.

    Abraço
    A.Costa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OBR Amigo
      OBR pela visita e pelo simpático comentário :)
      também tenho que agradecer as tuas fotos e cronica do teu blog que está espectacular :)
      PS: roubei-te duas fotos (mas foi por uma boa causa)
      Aquela da fogueira, e uma que vou em andamento :)
      espero que não te importes...

      ABR e até à próxima :)

      Eliminar
  8. Parabéns pela boa crónica e obrigado ( tb por teres roubado umas fotos ) :D
    Espero que tenhamos mais oportunidades de rodar juntos.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheheh
      grande Pedro :)
      vamos ter outras oportunidades com certeza :)

      ABR dos grandes
      OBR pela visita :)

      Eliminar
  9. Como nao podia deixar de ser, mais uma excelente foto reportagem bem narrada, do que foi um fim de semana espetacular.Obrigado amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Amigo
      Eu é que devo agradecer-te por teres preparado mais uma vez a fogueira de boas-vindas...
      OBR João :)
      ABR

      Eliminar
  10. Vadio, mais uma reportagem fenomenal....
    Grande abraço e tudo de bom...

    ResponderEliminar
  11. Muito bom.......eu sou o visita de médico.......lololol fiquei com muita pena de não poder ir mas ao menos fiz uma visita que deu para cumprimentar a malta....para o ano espero poder ir......grande abraço do outro lado do planeta.....Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha o sr'doutor
      eheheh então pelos vistos à net na Malasia LOL
      OBR pela visita...
      ABR dos grandes...

      PS: quando voltares temos que preparar uma voltinha :)

      Eliminar
  12. Olá, vadio! Bons olhos te leiam!
    Parabéns pela crónica que só podia ser excelente!
    Fiquei com vontade de fazer o mesmo, a ver se arranjo uma cabrita (vulgo xt), e coragem, pois sou um dos tenrinhos...
    Abraço!
    Leal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Leal
      vou guardar um lugar para ti :)
      OBR pela visita
      ABR dos grandes

      Eliminar
  13. Fantástico, cada vez me surprendes mais com a forma como consegues transmitir-me sensasções nunca antes exprimentadas, tal é a maneira como as descreves.
    Convenceste-me, desta vez estou decidido, para o ano estou lá caído, dê para onde der!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá Jorge
      cuidado que há algumas omissões pelo meio da narrativa LOL
      mas este ano foi fantástico... e ninguém consegue ficar indiferente ao que se vive nestes 3 dias :)

      vale a pena
      OBR pela visita
      ABR dos grandes

      Eliminar
  14. Boas

    Mais uma vez, uma crônica fantástica à qual nos habituaste.
    Parabéns mais uma vez pelo relato e maldito seja pela água na boca que me fizeste... Quase que me afogava!!! ;)

    Obrigado pela partilha

    Carlos Begonha

    -emAzimute-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh
      @Carlos... foi um evento mesmo à medida da AT ;) eheheh

      OBR pela visita
      ABR :)


      Eliminar
  15. Boas amigo Edgar

    Comecei ler esta fantástica crónica, e começou me a doer a barriga, não sei explicar, mas acho que comecei a lembrar do ano passado, os belos km que fizémos juntos pela primeira vez, espero que não sejam os últimos.

    O ano passado marcou me e ao ler estas tuas palavras, espero puder acompanhar te a ti e ao restante pessoal, Clube XT Portugal, do qual como sabes eu tenho orgulho em pertencer, para o ano que vem espero já ter a carta e ter uma mota com mais cc, seja ela Yamaha seja ou outra marca qualquer.

    Obrigado pela partilha e pelo fantástico relato

    CONTINUA NÓS GOSTAMOS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rui
      pois é... não podemos estar em todas
      mas eu lá me vou safando ahahah e estou em todas ahahah
      estou a brincar...

      Eh pá... vê lá se compras uma "nova conquistadora" levezinha e divertida LOOL...

      ABR
      OBR pela visita...

      Eliminar
  16. Mais uma bela crónica de um excelente evento !
    Obrigado por partilhares.

    ResponderEliminar
  17. Caro edgar,

    Muitos Parabens por mais um excelente report e por esse teu espirito de aventtura que faz com qualquer um(a) se delicie a ver as tuas reportagens.

    É esse o espirito que também quero ter e para começar até já comprei uma Honda Dominator.
    Vamos lá ver se para 2014 vos faço companhia no Vale do Rossim, que por sinal já ai estive também acampado no verão de 2011, mas fui de moto4.

    Um abraço

    Paulo Merêncio
    ttrilhosdoxisto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paulo

      OBR pela visita e pelo simpático comentário...

      Com uma NX650 Dominator entras por uma porta grande no mundo das Trails eheheh
      Para alguns é uma mota "descontinuada e velhota"... mas para outros é uma Mota com "M" maiúsculo, porque dura e dura...
      e vai onde as outras todas vão e as outras nem sempre vão onde a NX vai eheheh

      Boa-sorte com ela... e talvez a gente se cruze brevemente ;)
      ABR :)

      Eliminar
    2. Uma crónica fantastica, sem duvida, eu sou o fundador do Eskimós, fiquei todo babado ao ler esta crónica!
      Continua, é de pessoas como tu que portugal precisa!

      Grande abraço
      Sérgio

      Eliminar
    3. Olá Sérgio
      ler estas palavras, e vindas de quem vem... deixa-me "orgulhoso" em saber que partilhas essa opinião...
      mas esse "orgulho" não pode ser comparado com o orgulho de "dever" cumprido de quem põe os Eskimós de pé...

      OBR a ti :) e a toda a Equipa :)
      ABR e até para o ano... isto se não for antes :)

      Eliminar
  18. boas noite

    Edgar obrigado pela partilha e pelo documentário, fantástico!!!
    Sou o Rix (Ricardo)o membro de Seia, deixa-me fazer uma correcção, eu não optei por ir dormir a Seia, mas sim tive de ir embora porque fui trabalhar, trabalhei na noite de sexta-feira e também na noite de Sábado, não fui dormir a casa, se pudesse tinha ficado a noite com vocês, talvez para o próximo ano seja possível, mas não será fácil, porque eu trabalho sempre de noite, mas foi um prazer o pouco tempo que consegui estar presente!
    Grande abraço e obrigado pela partilha deste e de outros momentos que gentilmente partilhas com os leitores e amigos do clube xt.
    abraço
    rix

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Ricardo...
      Para o ano há mais... e quem sabe se vamos ter sorte com os turnos :) eu também tenho sempre essa "dor de cabeça" com os horários...
      e tal como tu, nem sempre me posso por em 1º lugar,
      ABR dos grandes
      OBR pela vista...

      PS: editei essa aparte ;)

      Eliminar