Inicio | | Viagens | | Voltinhas | | Manutenção | | TUGATECH | | História da XT |  VELA 

quinta-feira

MOITA - IRAN - MOITA "1"

1ª parte     2ª parte     3ª parte     4ª parte

Introdução

Ora bem...
...andava eu na minha vidinha a pensar onde iria este verão com a XT
e em conversa com alguns Amigos começou a surgir sugestões...
Cabo Norte... isso é que era...  foi a 1ª coisa que ouvi,
mas eu já tinha falado com o meu vizinho que já lá foi 2 vezes, simplesmente perdi toda a esperança de conseguir reunir "guita" para uma coisa dessas...

a 2ª coisa que ouvi foi... e Marrocos ?? não gostavas de ir a Marrocos ??
eu respondi... humm... gostava de ir até lá... mas nem passaporte tenho !!

mas de seguida respondi: - onde gostava mesmo de ir... e isso seria uma coisa que iria ultrapassar as minhas expectativas e mais algumas !!! era rolar até ao IRÃO...

e a resposta foi... tás maluco o quê... e bla bla bla...


...então comecei a fazer contas ao tempo e dinheiro necessário,
eram números obesos, impossíveis para a minha carteira... parecia uma obra publica Portuguesa...

mas estava este destino não me saia da cabeça... 
e depois de pensar e procurar alternativas... encontrei um meio termo e fácil de atingir 


A coisa ganha vida...
...mas vamos começar pelo inicio...
seria mais uma voltinha daquelas que eu gosto...

- baixo orçamento,
- sem grandes planos,
- levaria toda a comida de casa... como sempre faço,
- e desta vez levaria um mapa actualizado

Mas mesmo assim as coisas não estavam fáceis, pois a crise que tem pairado pelos meus lados...
mas tudo se resolveu... e deram-me dois pneus usados e em final de carreira, mas estavam porreirinhos para o que eu queria...
O Rui B. além de me dar um desses pneus, emprestou-me um GPS de topo, que seria uma ajuda para eu evitar andar perdido... e com ele poderia rolar também de noite e poupar algum pneu...

Numa 6ª feira às 4 da manhã já estava a rolar com a caminho com a XT,
levava uma mala cheia de comida... e alguma ferramenta mais os respectivos kits para vadiar...

Quando o sol começou a subir no horizonte... já eu tinha saído de Portugal e estava em Badajoz




Em Badajoz na confusão do transito matinal, noto que tenho algo de errado com a folga da embraiagem... a primeira ideia foi...
ai, ai, que isto não chega ao fim e vai partir o cabo... 
Parei... saquei da ferramenta... desmanchei a protecção das mãos...
e encontrei um cabo bem lubrificado e sem qualquer marcas de fraqueza...
simplesmente era um falso alarme, causado pelo nervoso miudinho do inicio duma voltinha...


O primeiro dia teria que ser uma esponja de kms...
e rasguei as estradas quentes da Espanha em direcção ao sul de Madrid...





Estava a rolar bem... e tinha feito quase 500kms, e merecia esticar as pernas... fiz um pequeno desvio e foi visitar uma localidade que se chamava Oropesa

...aproveitei para abastecer-me de agua...
e planear a próxima etapa...

Oropesa parece ter parado no tempo... muito típica, bonita e bem cuidada...




De regresso à estrada...
a XT estava a beber quase 5 Litros a velocidades na casa dos 100km/h... e eu bebia agua que nem um desalmado...

Estavam uns 40ºc...
o meu corpo estava a ressentir-se de tanto calor.

Resolvi deixar de pensar no caminho...
saquei o GPS do Rui, e pedi-lhe o caminho mais curto para Toledo...
e ele enviou-me para fora de estrada...



Escolher o caminho mais curto, nem sempre é o mais rápido...
mas o mais rápido nem sempre é o mais divertido... eheheh







Tinha passado por  Cuenca... e já contava com uns 800 kms bem rodados,
Agora era o meu estômago vazio que reclamava atenção e alguma coisa solida...
Ou seja... estava cheio de fome...


Não encontrava um local com condições para usar o fogão... e fazia um vento constante...
nestas condições não conseguia usar o fogão...


mas a fome era muita e o cérebro resolveu ajudar o estômago, e arranjou um estratagema...


na berma duma estrada que não havia "viva alma" com o pneu suplente fiz um abrigo...



O abrigo resultou e alem de encher o estômago, tinha levantado a moral da Equipa...
Estava tudo a correr bem e estava a superar os "objectos" para o primeiro dia...

O meu objectivo era simples...
Eu vivo na margem sul do Rio Tejo e todos os dias vejo o Tejo...
pois a minha casa fica a uns 30 metros dele...

Toda a minha vida vivi junto a este Rio... e tinha uma curiosidade enorme de ver a sua nascente...
Era esse o meu objectivo... ver a nascente do Rio Tejo que é conhecida pela (Fuente del Río Tajo)
...era para aí que eu estava a rolar com a XT, e já estava muito próximo dela.

A noite apareceu e estava no coração da "Sierra de Albarracín"
estava a rolar com velocidades de 30 km/h, ou pouco mais
Estava cansado  e numa estrada sinuosa...
resumindo, estava a dar as ultimas depois de conduzir a XT umas 20 horas...

Estava a passar por locais fantásticos e era noite escura e não podia ver nada...

Mas continuei...



Cruzei-me com dois animais... acho que era duas Renas e lembrei-me do Bambi eheheh
uns quilómetros mais á frente vejo um javali com um corpo enorme e umas perninhas rasteirinhas,
(e pensei... isto está a ficar cada vez mais agreste, e se bato um animal destes ainda fico aqui no meio do nada em maus lençóis...)
...não tirei os olhos do javali e passei de fininho, e de repente vejo que eram uns 5 ou 6 javalis...
ora bolas!! mesmo usando toda e mais alguma atenção e concentração, não era suficiente para evitar um contacto com um animal destes...

Mas continuei e passei por uma pequena aldeia que se chama Valdemoro Sierra... 
parei num pequeno parque à saída dessa aldeia onde havia um pequeno café com esplanada...
Esta paragem revelou-se um golpe de sorte... 

Disse "Hola e buenas noches" aos pressentes e pedi um "café solo y fuerte"
e toda a gente me cumprimentou e o rapaz do café disse que teria de esperar 5 minutos para aquecer maquina...
OK... disse eu, e fui buscar o mapa e tentar fazer um plano para continuar...

Eu despertei curiosidade ao pessoal do café... e começaram-me a fazer perguntas do tipo...
de onde és??  para onde vais?? quantos dias estás na estrada?? que mota tens?? etc etc??
...e todas estas perguntas foram feitas num contexto de bom ambiente e muita simpatia à mistura...


Eram pessoal que também tinham mota... alguns até tinham varias motas...
Ajudaram-me a fazer uma espécie de road bock até à nascente do Tejo, e indicaram-me uns trilhos que iria poupar muitos kms...

e depois fizeram-me um road bock da nascente do Tejo até Zaragoza
e toda esta conversa durou quase uma hora...

Uma foto desse pessoal de 5 Estrelas




Depois de mais alguma conversa o Amadeu disse-me...
Tu não podes seguir caminho... estás a dormir de pé e a tua cara é cansaço por tudo o lado...
A dona café... disse: se o Edgar quiser pode ficara dormir na Esplanada, pomos a sua mota cá dentro e fechamos tudo...

Eu estava determinado a seguir caminho, porque estava a 30 ou 40 km da nascente do Tejo e era lá que queria ver o dia nascer...
Mas o Amadeu viu que eu estava a preparar-me para seguir caminho... e disse-me:

Hombre... Edgar... 
Escúchame lo que digo!! y escúchame cuidadosamente!!
Encontrará cientos de renas en los próximos kilómetros
corres un gran riesgo... si te desea continuar 
Aquí usted no puede andar en Moto por la noche...
Estas hacendo casi 24H en una Mota!
vas a tener mala suerte
Te preparamos una cama y un lugar para guardar la XT 
y cuando amanecer te puedes ir 

E assim foi...
...o meu anjinho da guarda, colocou estas pessoas fantásticas no meu caminho...

e lá fui atrás da XTénéré do Amadeu até ao centro da Aldeia onde iria dormir...





Deram-me uma casa mobilada e com agua quente, luz e todos os confortos necessários...
Usei o sofá para dormir... mas poderia ter usado uma das varias camas do 1º andar...





A minha menina ficou confortavelmente na entrada e com o alarme ligado...
mas deram a garantia que nada lhe poderia acontecer
e que estaria mais segura ali que num cofre forte...





isto não ficou por aqui... e deram alguns contactos de telemóvel para usar em caso urgência,
e disseram-me que no regresso poderia dormir novamente em Valdemoro Sierra, ou quando quisesse...

Nunca tinha recebido tamanha hospitalidade... e fica muito por dizer, pois deram agua, ofereceram-me comida e sei lá mais o quê!!

e dormi que nem uma pedra...






FIM
da 1ª parte da coisa 

e a 2ª dia da voltinha seria marcado pela visita a um verdadeiro cenário de guerra 





Moita - Iran - Moita
1ª parte     2ª parte     3ª parte     4ª parte





48 comentários:

  1. Mais, mais , mais.....conta conta.lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OBR...
      só hoje consegui escrever a 2º parte da coisa...

      ABR
      OBR pela visita ;)

      Eliminar
  2. Excelente Edgar, vai so na 1ªparte e ja me despertou td o interesse!!! publica os próximos episódios no fb...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Vitor
      Fico feliz e super satisfeito que tenha despertado tal interesse...

      OBR pela visita e pelo comentário...
      ABR dos grandes...

      Eliminar
  3. Boa história e boa aventura. O desejo de qualquer motard mas que nem todos conseguem meter ação.
    Parabéns Vadio da XT ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Jorge
      Um dia temos que combinar uma voltinha para a Hornet e para a minha XT

      OBR Amigo...
      ABR

      Eliminar
  4. Fantastico...
    esta a correr bem...e ainda bem

    Grande abraço
    Cumps
    NJ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola NJ

      Olha que a voltinha já terminou...
      e na 3ª parte vamos todos perceber essa historia do Iran
      LoOL

      OBR
      ABR

      PS: espero encontrar novamente no Travel Event ;)

      Eliminar
    2. Boas Edgar

      Já terminou ?!?

      ok, ainda bem que correu tudo bem. lol
      já li a 2ªparte, esta brutal... muito muito bom

      espero pela 3ª parte para perceber essa historia do Iran.

      grande abraço
      NJ

      PS. epah, este ano espero montar a tenda junto com o CXTP e ficar os 2 ou 3 dias... :)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Olá Vitor

      Já escrevi a 2ª parte...
      e espero que tenha mais sumo que a 1ª parte...

      OBR pela visita... e pelo comentário e incentivo para a 2ª parte da coisa...
      ABR...

      Eliminar
  6. Isto é impressionante...Parece que estamos a ler um livro !!
    Ouvi perfeitamente o castellano do Amadeu naquele prenúncia "entre dentes" que nuestros hermanos têm !!

    Bem haja pela partilha e por gente boa que se vai encontrando por aí...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fernando...

      eheheh
      eu e o meu Espanhol das "docas"... e então escrito à que dar mérito ao tradutor on line... loOL

      OBR Amigo
      ABR

      Eliminar
  7. Muito bom!!! Continua que está muito fixe.
    Obrigado pela partilha das vivências.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Antonio
      Muito porreiro ler as tuas palavras...
      talvez porreiro seja um adjectivo fraquinho, para o teu simpático e motivante comentário...

      OBR pela visita e pelas palavras...
      ABR

      Eliminar
  8. Grande espetáculo Edgar!
    É caso para dizer que o Iran é já aqui ao lado...
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Amigo Francisco...

      é mais ou menos isso loOL
      ou talvez seja isso mesmo loOL...

      na 3ª parte consigo chegar a esse "ali ao lado" loOL

      ABR...
      OBR pela visita ;)

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Olá Paulo...
      sim... é isso mesmo!!
      andei a viver mais um sonho de olhos abertos...

      ABR
      OBR pela visita ;)

      Eliminar
  10. É sempre bom ler as tuas crónicas. Acabei foi por distrair o serviço.
    Boa sorte e votos de excelentes quilometragens.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Eduardo
      Não há nada melhor que uma pequena pausa...
      eheheh

      OBR Amigo
      ABR

      Eliminar
  11. Respostas
    1. Olá Vitor
      enquanto houver gasolina... ou melhor dinheiro para ela... eheheh
      mas infelizmente cada vez as contas são mais difíceis...
      mas isso todos sabemos...
      mas também sabemos que aconteça o que acontecer... não vou parar...
      talvez abrandar... mas parar nunca loOL

      ABR
      e OBR Amigo

      Eliminar
    2. Parar é que não! Consegues demonstrar que não é preciso muito para nos divertirmos à brava e que a maneira mais simples de viajar continuará a ser a melhor ;)

      Eliminar
  12. Este homem é um senhor da XT....abraço amigo Ed...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pedro
      Talvez só a XT tenha sido uma verdadeira Senhora...
      Uma Senhora de Guerra...
      ...simplesmente tem sido uma Maquina incrível... eheheh

      eu vou de boleia e sempre a queixar-me que quero parar para esticar as pernas e tal... loOL

      ABR Pedro...

      Eliminar
  13. Muito bom! Mais um relato que tem o dom de acordar o bichinho aventureiro que há em nós, e ainda não chegou ao fim!

    A continuar assim, mais uns anitos de vadiagem e podes compilar um livro :P.
    Fico à espera do resto do relato.

    Cumprimentos e boas vadiagens,

    Filipe Pires

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Filipe
      eheheh
      talvez seja um bichinho difícil de silenciar... e pronto mal acaba uma voltinha já a cabeça esta a pensar na próxima... eheheh

      se esse livro ver a luz do dia... devemos ser velhinhos...
      mas era fixolas loOL
      e é claro que ofereço-te um exemplar ;)

      ABR
      OBR pela visita...

      PS: como vai a NX???

      Eliminar
    2. Boas,

      Vejo que conheces um Filipe Pires, mas esse não sou eu de certeza :D. Esta é a primeira vez (segunda agora) que comento o teu blog, embora seja um visitante bastante assíduo desde há bastantes meses.

      De qualquer forma, se a oferta desse exemplar se mantiver de pé, eu aceito :P

      Eliminar
    3. Upsss...

      mas o exemplar fica de pé... eheheheh

      ABR

      Eliminar
  14. Muito fixe, venha de lá o relato do resto da viagem ;)

    Boas curvas (dessas e das outras)

    Nuno Veiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nuno

      eheheh... curvas são boas... sejam elas quais forem loOL
      consegui escrever hoje a 2º parte da coisa...
      e espero no inicio da semana escrever a 3ª parte...

      OBR pela visita
      ABR

      Eliminar
  15. fantastico, ate da vontade de juntar uns trocos e fazer o mesmo :)

    um sonho a realizar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ehehe
      sim com uns trocos... e são 90% usados em gasolina...
      quando vou de mota e vou à descoberta e procura de algo... nem me lembro que as refeições fazem parte da nossa vida...

      e tenho feito tudo com uns "trocos" ;)
      e essa historia de usar orçamentos baixos até torna tudo mais divertido...
      torna a voltinha mais divertida e também o planeamento da coisa

      OBR pela visista
      ABR

      Eliminar
  16. Só agora dei conta que andas a vadiar, Edgar. Parabéns pela determinação de fazer uma viagem low budget...Estou a viver esta tua aventura... Boa sorte para o que falta.

    Rui Faria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rui

      Mas olha que esta voltinha fica muito à quem... daquela voltinha Pioneira que fizeste em 1984 ;)

      ABR
      e OBR pela visita ;)

      Eliminar
  17. Venha a 3ª parte !!!

    Estas "voltinhas" deveriam ser patrocinadas por todos nós, para que as mesmas não dependem-se do "tempo", mas apenas da vontade !

    Keep going...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fernando

      Em Portugal, estamos sempre a falar em subsídios e que devíamos receber isto e aquilo...
      (mas sei que queres ir por outro caminho...)
      mas se recebermos tudo de mão beijada, a coisa perde a magia...
      é tão divertido fazer a viagem... como planear e criar soluções baratuxas...
      A minha viagem aos Picos da Europa começou com um fogão feito duma lata...
      e essa lata levou-me até aos Pirineus...

      Sem ter grandes meios tudo se torna mais divertido e genuíno...

      mas é claro que agradeço a tua opinião... e talvez um dia receba algo de alguém que tenha a ganhar em ajudar-me... era fixolas :)

      ABR
      e OBR pela visita

      Eliminar
  18. Sempre a vadiar a solo !!!
    Está fixe este passeio ...

    M4rco

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh
      Olha o meu Amigo Marco
      vê-la se "apareces" no Travel Event ;)
      era fixolas ;)

      ABR

      Eliminar
  19. Grande relato da vadiagem. Parabéns.

    ResponderEliminar
  20. Oi. Sou Pedro CB e também adoro vadiar. Quero agradecer a partilha destas tuas viagens que são mesmo aquilo que gosto de fazer. Só não me ofereço para te acompanhar por dois motivos:
    1: T€MPO.
    2: A minha moto não consegue acompanhar a tua XT nesses lindos caminhos. Tenho uma FJ1200 que é um regalo para viajar, mas só por alcatrão.

    O pormenor que mais me encanta no teu modo de viajar é mesmo o factor low-cost. Eu também vadio às vezes e durmo na beira da estrada. É uma realidade indesmentível a satisfação de fazer tanto com tão pouco. As coisas melhores nem sempre custam muito dinheiro.
    Continua!!!

    Obrigado novamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pedro
      eheheh pois é :)
      ... a preparação e imaginação para por em pratica o factor "LOW-COST" é sempre divertido... e transforma uma simples viagem de 4 dias em uns 15 dias...
      ou seja: 4 dias a viajar e uns 10 a preparar e imaginar formas de poupar dinheiro...
      e depois tudo acontece naturalmente... eheheh

      OBR pela visita e pelo comentário ;)
      ABR

      PS: sempre sonhei ter uma FJ1200 eheheh
      e nos anos 90 estive quase vai na vai... para comprar uma :)
      se tivesse comprado uma FJ com certeza que ainda seria a minha Mota actual... ;)
      mas acabei por seguir caminho com outra XT... mas nunca deixei de olhar para as "papa kms" LOL

      Eliminar
    2. Oi Edgar.
      Obrigado pela resposta.
      http://www.facebook.com/photo.php?fbid=416123188426987&set=a.416123035093669.86693.100000879297010&type=3&theater
      Neste link está uma foto da minha FJ, minha e do meu amigo Luis que foi comigo este ano a Faro. Vou lá todos os anos desde 1991. Antes da Fj tive uma XT 600 (daquelas bege e verde tropa) que era maravilhosa. Que saudades...
      Se tiveres Facebook, liga-te a mim para podermos conversar.
      Actualmente redescobri o prazer de andar de 50cm3 com a minha nova Sachs V5. Vou amanhã vadiar nela da Parede até Peniche e depois a Mafra onde há este FDS a concentração. Se quiseres aparece.
      Um abraço e boas curvas.

      Eliminar
    3. Boas...
      estive fora :)
      Fui para o Travel Event da Touratech
      e só hoje vi o teu comentário
      Não consigo aceder ao Link :(
      também não te consigo encontrar no facebook :(
      eu estou registado no face como "Edgar Couceiro" :)

      ABR

      Eliminar